Pular para o conteúdo principal

5 tendências de TI para ficar de olho nos próximos anos

Tendências de TI

As tendências de TI acompanham a necessidade de evolução constante dos processos, pessoas e empresas.

A busca por novas maneiras de operar e impulsionar o crescimento torna imprescindível trabalhar com análise de dados para acelerar a transformação digital nas organizações.

Segundo o Gartner, em 2022, 90% das estratégias corporativas referenciarão informações como ativo de negócios crítico e a análise como competência crítica.

Por mais que a empresa trabalhe com ideias modernas e tenha processos bem planejados, se não houver capacitação profissional de funcionários, e a equipe estiver estagnada, o negócio experimentará problemas em diferentes níveis.

Por isso, acompanhar as tendências de TI, proporciona acesso a novidades e modelos de negócios duráveis, que tragam mais receita. Afinal, a influência da pandemia de COVID-19 mostrou ao mundo a necessidade do uso da tecnologia para estudar a doença e encontrar uma vacina.

Além disso, com a possibilidade do trabalho remoto, muitas vidas foram salvas e as empresas precisaram encontrar soluções para terem infraestrutura mais robusta e inovadora. Um futuro conectado será essencial, assim como o requisito de aprendizagem constante por parte dos gestores e desenvolvedores.

Neste artigo, vamos dar uma olhada em algumas tendências em TI que criarão oportunidades e como as organizações podem se diferenciar dos concorrentes. Acompanhe!

Tendências de TI

Veja cinco tendências de TI que serão importantes para equipes formularem novas estratégias, prioridades e roteiros de Transformação Digital em 2022.

1 — Segurança de dados

O Gartner prevê que, até 2025, 60% das empresas digitais sofrerão grandes falhas de serviço devido à incapacidade das equipes de segurança em lidar com riscos digitais.

Como parte da gestão de riscos, os negócios de TI contam com o Chief Information Security Officers (CISOs), que mantêm a segurança cibernética no topo de sua lista de prioridades.

Embora não haja solução para todos os riscos à segurança, é necessário encontrar equilíbrio entre pessoas, processos e tecnologia.

As equipes de segurança devem garantir que as práticas de proteção da organização acompanhem a velocidade da transformação digital. Dito de outra forma, a ênfase não deve ser apenas em “como posso acelerar um processo”, mas em “como fazê-lo com segurança”.

Por isso, a tendência de TI para segurança de dados é incorporar Inteligência Artificial (IA), Machine Learning (Aprendizado de Máquina, em tradução livre) e Migração para Nuvem em soluções de proteção digital.

2 — Integração entre aplicações (hiperautomação)

A integração entre aplicações, ou hiperautomação, já era tendência para 2020, mas ainda está se provando predominante. Muitas organizações buscam aplicar automação rapidamente para se adaptar e desbloquear eficiências após a pandemia global.

O relatório mais recente do Gartner destaca a hiperautomação como tendência-chave para o ano de 2022.

Essa tendência de TI é a combinação de tecnologias para conduzir a automação em velocidade e escala. É uma forma eficaz de acelerar mudanças de ponta a ponta em sua empresa.

A base da hiperautomação reside em tecnologias como as plataformas DPA (“Digital Process Automation”, ou Automação de Processos Digitais) e RPA (“Robotic Process Automation”, ou Automação de Processos Robóticos).

A integração entre aplicações expande seus recursos combinando-os com tecnologias inteligentes, como:

  • Machine Learning;

  • Inteligência Artificial;

  • Processamento de Linguagem Natural (PNL).

Além disso, a hiperautomação tornou-se característica chave do DevSecOps em organizações com práticas de DevOps altamente maduras.

Um número crescente de ferramentas de automação de testes com gama de recursos estão disponíveis para fazer análises de segurança.

Essa abordagem possibilita avaliações significativas durante todo o ciclo de vida do desenvolvimento de software, desde a análise de código-fonte até a integração e monitoramento pós-implantação.

3 — Inteligência Artificial

O processo de democratização da IA tem potencial para acelerar a Transformação Digital em um negócio, tornando-se uma das mais importantes tendências de TI em 2021.

Dito de outra forma, essa abordagem está tornando a Inteligência Artificial acessível a todas as organizações e seus profissionais.

Isso envolve o uso de ferramentas baseadas em IA para:

  • prever;

  • aprender;

  • melhorar;

  • tomar decisões;

  • detectar e reconhecer tendência.

Todas as empresas, desde startups experientes em tecnologia até grandes corporações, tentarão incorporar essa tendência de TI em seus sistemas e processos.

Enquanto alguns têm os recursos para fazer essa integração acontecer, outros podem iniciar sua jornada com a ajuda de provedores de IA, como Google e Microsoft.

4 — Migração para a nuvem (Cloud Computing)

Um dos desafios na migração para nuvem (Cloud Computing) está relacionado à sensibilidade das informações confiadas.

Afinal, essa tecnologia possibilita hospedar quase qualquer tipo de informação na nuvem, incluindo dados confidenciais, o que aumenta o risco de distribuição não controlada dessas informações a terceiros.

Se uma solução de computação em nuvem for escolhida onde as premissas de processamento e/ou armazenamento de dados são compartilhadas, o risco de vazamento de informações está presente.

Por outro lado, existe proteção legal, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), cujo alcance se aplica a todas as pessoas físicas e jurídicas, sejam públicas ou privadas.

Outro desafio que pode ser mencionado é que a migração para a nuvem pode representar grandes investimentos inicialmente, mas, ao longo prazo, pode resultar em redução de custos. Afinal, a estrutura física fica sob responsabilidade de uma empresa contratada.

5 — Relacionamento empresa + consumidor

As expectativas de experiência do cliente continuarão a mudar radicalmente nos próximos anos.

Com os “nativos digitais” estabelecendo novas expectativas, as empresas tradicionais estão sob pressão para reavaliar seus modelos de negócios e estratégias de interação com o cliente.

As aplicações Customer Centric ajudam a capitalizar oportunidades de construção de negócios centrados no consumidor. Afinal, gerenciar as jornadas dos clientes de forma eficiente é primordial na era digital.

Há valor em ter recursos essenciais para proporcionar experiência memorável, tomada de decisão acertadas e otimização rápida do ecossistema de tecnologia.

Principal tendência de TI: os profissionais

Para as empresas, não é tão fácil selecionar tecnologia e usá-la. Para definir a estratégia digital, as organizações devem contar com gestores e desenvolvedores que possam indicar a tendência de TI mais adequada.

Por isso, os profissionais de TI, devem se aprofundar nessas temáticas, soluções e abordagens para se diferenciarem no mercado.

Apenas com esse conhecimento especializado, poderão mostrar seu diferencial. Assim, o indicado é buscar cursos e webinars que abordem as principais inovações de tecnologia e formas mais eficientes de aplicá-las.

Agora que você conhece as tendências de TI que deve ficar de olho nos próximos anos, siga as redes sociais da TDC para se manter por dentro das novidades: Twitter, Facebook, LinkedIn e Instagram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

2º Bate Papo do SP-GTUG - Divulgação

Pessoal, Para aqueles que já estiveram presentes nas atividades do SP-GTUG (encontros ou bate papos na Globalcode), e para os que ainda não puderam estar presentes, teremos um novo bate papo acerca de mais duas tecnologias do Google: AdSense e Python no GAE. Este será o nosso segundo bate papo do SP-GTUG, nos mesmos moldes dos minicursos da Globalcode . Local e data O bate papo acontecerá no dia 27/03/10, das 10:00 às 13:00 na Globalcode. Para fazer sua inscrição e participar acesse a home da Globalcode e vá até a parte de "Minicursos Gratuitos da Semana ". Conteúdo das apresentações Abaixo seguem as descrições passadas pelos palestrantes: Título: "Algoritmos em Python" Resumo: Python é uma linguagem considerada frugal, simples, sem ser simplória! Entenda como construir algoritmos ninjas com essa linguagem, adotada pela Google e pelo MIT. Veremos muito, muito código, desde algoritmos clássicos até tutoriais do

10 reasons why we love JSF

1. One-slide technology: it's so simple that I can explain basic JSF with one slide. 2. Easy to extend: components, listeners, render kit, Events, Controller, etc. 3. Real-world adoption: JBoss, Exadel, Oracle, IBM, ... 4. Architecture model: you can choose between more than 100 different architecture. 5. Open-mind community: using JSF you are going to meet very interesting people. 6. We are using JSF the last 5 years and we found very good market for JSF in Brazil 7. Progress: look to JSf 1.1 to JSF 1.2, JSF 1.2 to JSF 2.0. People are working really hard! 8. Many professionals now available 9. It's a standard. It's JCP. Before complain, report and help! 10. Ed Burns, spec leader, is an old Globalcode community friend! EXTRA: My wife is specialist in JSF. She's my F1 for JSF :) Nice job JSF community! -Vinicius Senger

JSF 2 - Composite Components, você não precisa mais ser um ninja

Estamos em uma nova era da computação, os dados não estão mais localizados em um banco dentro de sua empresa, vivemos a explosão de redes sociais, informações são geradas a todo instante, e se torna essencial que sua aplicação conheça os serviços disponíveis na web e consumam suas APIs geralmente disponíveis por serviços REST. Legal, mas como ficam meus aplicativos Java EE neste novo cenário? Para quem vem acompanhando a evolução da plataforma, é notório que todo esforço vem sendo utilizado para aumentar a produtividade e a integração com novos serviços. Basicamente duas especificações surgem com muita força para atender este cenário, a JSR - 314 (JSF-2) e JSR - 311 (JAX-RS), neste post exploraremos a JSR-314 (JSF2) e sua nova forma de criar Composite Components. Uma das grandes queixas dos desenvolvedores JSF era a complexidade em criar composite components, era necessário um vasto conhecimento sobre o ciclo de vida de uma aplicação JSF. Agora, você não precisa ser mais um “ninja” em

Gosta de informática e sonha ser programador Java um dia ?

A Globalcode está procurando jovens que queiram ser programadores no futuro, para fazer parte de sua equipe de vendas e operacional na unidade Paraíso em São Paulo somente. O grande diferencial é o planejamento para carreira de programador. O planejamento de cursos do portifólio da Globalcode: Academia do Programador, Academia Java, Academia Web, Robótica, Eletrônica, etc, será realizado periodicamente de acordo com o desempenho e interesse individual. Atenção : Este não é um estágio para trabalhar com Java, são duas vagas CLT administrativas para pessoas que queiram ser programadores no futuro. Perfil : Conhecimentos de informática básica, saber lidar com pessoas e trabalhar em equipe. Deve ter concluído o ensino médio, ter boa escrita, ser organizado, responsável, comprometido e dinâmico. Interesse por computação, programação, internet, robótica, eletrônica,... Temos duas vagas para jovem-aprendiz abertas: 1) Setor operacional No dia a dia Serviços externos Controle de estoqu

JavaMail: Enviando mensagem HTML com anexos

Introdução Depois do post "JavaMail: Enviando e-mail com Java" , que apresentava como enviar um e-mail com Java, resolvi complementar a assunto apresentando como enviar uma mensagem formatada, em HTML , e também como realizar o envio de anexos. Bibliotecas Além da biblioteca JavaMail, veja mais no post anterior , é necessário incluir o JavaBeans Activation Framework (JAF), apenas se a versão utilizada for anterior ao JSE 6.0 , que já tem o JAF incluso. O JAF está disponível em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index-135046.html , e neste download encontramos, alguns exemplos na pasta demo , documentação, incluindo javadocs, na pasta docs e a biblioteca activation.jar , que deve ser acrescentada no classpath da aplicação para versões anteriores ao JSE 6.0. Exemplo Primeiramente devemos realizar a configuração da javax.mail.Session e da javax.mail.internet.MimeMessage , estes passos podem ser vistos no post anterior . Agora vamos montar um

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela