Pular para o conteúdo principal

JavaOneBrasil 2010

O JavaOneBrasil foi sensacional, muito networking, palestras de alta qualidade, uma oportunidade maravilhosa de encontrar muitos amigos.
É verdade que houveram alguns problemas, salas lotadas e filas muitas longas, mas muitos problemas foram rapidamente corrigidos ou amenizados. Diversas palestras foram repetidas no terceiro dia. Ficou claro que a comunidade está sendo ouvida, e certamente teremos um JavaOneBrasil muito maior e muito melhor em 2011.

Gostaria de agradecer principalmente a Daniela Berthe e Sharat Chander, ambos da Oracle,  não apenas pelo profissionalismo que demonstraram desde o inicio, mas também pela forma que nos receberam e pela rapidez com que trabalharam na resolução dos problemas.

O primeiro dia do evento foi praticamente um aquecimento, entendendo o evento, o público do evento, reconhecendo as salas e as pessoas, com poucas palestras e muitos keynotes!


Quiosque da Globalcode no JavaOneBrasil
Além de participar do comitê de seleção de palestras tivemos a oportunidade corporativa de apoiar o evento com campanhas de divulgação na Globalcode, newsletter, twitter, e pudemos participar do evento com um quiosque no mesanino do JavaOneBrasil, foi excelente!
Fizemos diversos sorteios de kits da LinuxMall e de pendrives Globalcode e exposicão das invenções e projetos da iniciativa ElétronLivre, liderada pelo Vinicius Senger.



Algumas palestras dos instrutores no JavaOneBrasil
Veja algumas fotos das palestras do Vinicius Senger, Raphael Adrien e Dr. Spock (Alberto Lemos) e Danival Calegari, todas estavam lotadas e foram repetidas no último dia do evento.


Infelizmente não consegui tirar fotos de todas, mas se você tiver fotos das palestras do Julio Viegas ou do Thiago Vespa, ou outras, por favor nos envie!

Veja algumas apresentações disponíveis:


Discussão sobre Frameworks
O Vinicius, Bruno Borges, Maiko Rocha e muitos outros twitteiros vinham discutindo muito sobre os frameworks JavaEE. O Vinicius convidou o Arun Gupta e Maiko Rocha e eles confirmaram, a discussão foi aberta e transmitida na quarta-feira as 19h, e literalmente "fechamos" o JavaOne, risos. Foi um dos melhores momentos do JavaOneBrasil!

Eu adorei, foi totalmente paz e amor. Cada um falando das vantagens do seu, ao invés dos defeitos dos outros.  Valeu Bruno Borges, sem seus tweets não teria discussão nenhuma!


Networking
Além de tudo isto, o networking foi sensacional. Tive a oportunidade de conversar um pouco com Danny Coward, com quem fiz uma entrevista publicada na JavaMagazine alguns anos atrás. Além do trabalho na comunidade Java ele toca violino, e ganhou um concurso recentemente e irá fazer uma apresentação como solista como uma orquestra em São Francisco. Da pra acreditar ?

Finalmente tivemos o prazer de conhecer pessoalmente o Arun Gupta (veja o blog com a cobertura do JavaOneBrasil)) , Sharat Chander, Daniela Berthe,  os colegas do Maranhão, Piaui, Campinas, Goiania, Rio de Janeiro, Uberlândia, São José dos Campos e tantas outras cidades! Impressionando, a comunidade Java Brasileira estava muito bem representada, pessoas de muitos outros estados!

O Vinicius foi convidado pelo  Terrence Barr para fazer um podcast sobre OpenSource Hardware e SunSpot, que deverá ser publicado em breve! O Arun Gupta e o Roger Brinkely também estão preparando muitos outros podcasts e vídeos.

TV Digital
O tema TV Digital Interativa também recebeu muito destaque, pessoal saindo super empolgado das palestras do Dimas Oliveira/Oracle e do Aguinaldo Boquimpani /TQTVD (com quem também fiz uma entrevista publicada na edição 72 da JavaMagazine).

Um detalhe interessante: a TQTVD estava com expondo o StickCenter no segundo andar, junto com as salas de palestras do JavaOne, na área de desenvolvedores, não no sofisticado pavilhão de expositores! Conheci pessoalmente a Cláudia e Andréa e tivemos uma verdadeira aula particular com o Aguinaldo, e a platéia foi aumentando a medida que eles foram mostrando os "stickers" (widgets) similares as aplicações do iPhone/Android.

Você escolhe os programas que quer instalar na sua TV. Havia algumas opções de jogos, e também widgets de gigantes como UOL, Banco do Brasil, Walmart, G1 e outros.  Este é um modelo de negócios onde participam emissora, desenvolvedor e fabricante do middleware.

Ficamos muito animados com os planos de disponibilização do set top box para desenvolvedores a curto prazo.


Uma reflexão sobre o SouJava
Como sempre o Bruno Souza (JavaMan) organizou um encontro de grupos de usuários que superou muito as nossas expectativas, com uma sala praticamente lotada de líderes de grupos de usuários do Brasil inteiro, e diversas pessoas interessadas em criar novos grupos!



O SouJava participou ativamente do JavaOne, não apenas durante o evento, mas na concepção do evento, influenciando a decisão de abrir o processo de submissão de palestras, no suporte e interação com os palestrantes internacionais durante todo o evento, na resolução de alguns problemas em tempo real, nos happy hours, com diversas palestras e até com a participação do mascote oficial dos JUGs, o Juggy na sessão com Arun Gupta!

Eu ouvi/li algumas críticas em relação a lista de palestras aprovadas, ou reprovadas. E até mesmo algumas criticas um pouco injustas a Oracle, como se ela tivesse aprovado ou reprovado as palestras, digo injusta pois a responsabilidade total foi do comitê, e acho importante isto ficar claro pra todos.

Particularmente, achei que as palestras foram muito boas, e conversando com muitas pessoas durante o evento, achei que o feedback técnico foi ótimo e as críticas foram mais relacionadas ao operacional.

Mas, isto tudo me fez lembrar amigo Reza Rahman, membro do JCP nas JSRs JSF 2 e JavaEE6, que bem resumidamente: "É fácil criticar o JavaEE , mas tente tira-lo do tabuleiro e imaginar como seria o jogo sem ele...".

Acho que a mesma coisa serve para o comitê de avaliação de palestras. Como seria o JavaOneBrasil sem o comitê de avaliação de palestras ? Ou seja, toda a grade montada pela Oracle, como era o Sun Tech Days?

Eu acredito que foi realmente uma conquista podermos submeter e aprovar palestras para o JavaOneBrasil. E o SouJava participou desta conquista, e tem sido fundamental para crescimento e melhoria não apenas da comunidade Java Brasileira, mas também da comunidade internacional : Java.net, OpenJDK, divulgação dos projetos Brasileiros, e na organização de eventos JustJava, Café Brasil, Abaporu, É Dia de Java, FISL, Campus Party, Sun Tech Days e agora, JavaOne Brasil!

Com certeza aconteceram muitas outras coisas bacanas que eu gostaria de compartilhar, principalmente os happy-hours, jantares e bate-papo informais.

JavaOneBrasil já deixou saudades!

Mais uma vez gostaria de agradecer toda a equipe da Oracle pela receptividade durante o evento!

Yara Senger
http://twitter.com/yarasenger

Comentários

Bruno Borges disse…
Poderia ter sido melhor em alguns aspectos? Sim. Sempre pode ser. Foi ruim de um modo geral? Definitivamente não, pelo contrário: foi ótimo. Principalmente graças às pessoas que lá estavam.

Obrigado Yara!

E em 2011 nos vemos no JustJava, ou em qualquer evento no meio do caminho... :-)
Yara Senger disse…
Bruno Borges, obrigada pelo feedback. A indignação é fundamental para a evolução. Foi ótimo ter acontecido a discussão. Podemos ter mais openspaces como estes no JavaOneBrasil 2011. E que venham os próximos eventos!
Um abraço,
Yara

Postagens mais visitadas deste blog

JavaMail: Enviando mensagem HTML com anexos

Introdução Depois do post "JavaMail: Enviando e-mail com Java" , que apresentava como enviar um e-mail com Java, resolvi complementar a assunto apresentando como enviar uma mensagem formatada, em HTML , e também como realizar o envio de anexos. Bibliotecas Além da biblioteca JavaMail, veja mais no post anterior , é necessário incluir o JavaBeans Activation Framework (JAF), apenas se a versão utilizada for anterior ao JSE 6.0 , que já tem o JAF incluso. O JAF está disponível em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index-135046.html , e neste download encontramos, alguns exemplos na pasta demo , documentação, incluindo javadocs, na pasta docs e a biblioteca activation.jar , que deve ser acrescentada no classpath da aplicação para versões anteriores ao JSE 6.0. Exemplo Primeiramente devemos realizar a configuração da javax.mail.Session e da javax.mail.internet.MimeMessage , estes passos podem ser vistos no post anterior . Agora vamos montar um

O que é Lógica de programação?

Este é o segundo de uma série de posts voltados aos leitores do blog que estão dando início à carreira de desenvolvimento de software. O assunto de hoje é a lógica de programação. Para ler antes: Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados A lógica de programação é um pré-requisito para quem quer se tornar um desenvolvedor de software, independente da linguagem de programação que se pretende utilizar. Mas o que é de fato a Lógica de Programação e como saber se eu tenho esse pré-requisito? A lógica de programação nada mais é do que a organização coerente das instruções do programa para que seu objetivo seja alcançado. Para criar essa organização, instruções simples do programa, como mudar o valor de uma variável ou desenhar uma imagem na tela do computador, são interconectadas a estruturas lógicas que guiam o fluxo da execução do programa. Isso é muito próximo ao que usamos em nosso cotidiano para realizar atividad

Devo fazer um curso ou ler um livro?

Acredito que todos os instrutores ou professores, independentemente da área, escola ou centro de treinamento, já devam ter recebido essa pergunta alguma vez na vida: devo fazer um curso ou ler um livro? Para responder a essa pergunta, precisamos avaliar os prós e contras de cada opção. Trabalho com treinamento há algum tempo e, hoje, recebi essa pergunta de um aluno. Não adianta responder a ou b sem argumentar, demonstrando as opções conforme a situação do aluno. O conteúdo, a forma de transmissão e a capacidade de assimilação do indivíduo são chaves para haver benefício maior de aprendizado. Tanto em um bom curso quanto em um bom livro, o conteúdo é a premissa básica . Por conteúdo entendemos: se está organizado; se respeita pré-requisitos; se promove o aprendizado guiado e incremental; se aborda de forma satisfatória os principais pontos; se tem bom balanço entre teoria, exemplos e prática (favorecendo exemplos e prática); se tem como premissa a acessibilidade possível (e cabível) pa

Lançamento do JDK 7 no TDC2011 em São Paulo

O The Developer's Conference foi realmente um grande momento para toda comunidade de desenvolvedores, um encontro de comunidades de TI onde foi possível interagir com pessoas incríveis das comunidades .NET, PHP, Python, Cloud, Games e tantas outras. Com mais de 200 palestrantes e 25 coordenadores é difícil até citar nomes sem ser injusta. Neste post gostaria de falar um pouco sobre um acontecimento muito especial para a comunidade Java, o Lançamento mundial do JDK 7! A história toda começou há muito tempo atrás, num relacionamento construído ao longo de vários anos de atuação dos membros do SouJava, participando do JavaOne, das JSRs e muito networking. Mas, durante o último JustJava conversamos com Roger Brinkley e Bruno Souza, e tivemos a felicidade de ter o TDC2011 exatamente no dia planejado para o Lançamento Mundial do JDK7. O grande mérito foi do SouJava e do amigo Bruno Souza (JavaMan). Com a participação formal no Executive Committeé do JCP estamos ficando cada vez ma

Literais da Linguagem Java

Na última semana, tive uma conversa com um profissional Java iniciante que me apresentou dúvidas sobre o uso de valores hexadecimal na linguagem, inicialmente entendi que ele precisava da representação textual de um valor hexadecimal, então apresentei um método da classe wrapper Integer, conforme segue: int valor = 15; System.out.println(Integer.toHexString(valor)); //Imprime f Só então após mostrar este exemplo, ficou claro que ele precisava exatamente do contrário, ou seja, qual a forma mais fácil de converter um número hexadecimal para um número decimal para atribuição a uma variável primitiva inteira. Esclareci que para isso não havia necessidade de conversão, bastaria usar uma literal hexadecimal presente na linguagem Java da seguinte forma: int valor = 0xf; // ou 0XF System.out.println(valor); //Imprime 15 Este episódio me motivou a escrever este post sobre os literais da Linguagem Java, então vamos lá. De acordo com a especificação da linguagem (The Java™ Language Specification

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m