Pular para o conteúdo principal

Vamos falar de Android...

Nessa minha primeira aparição aqui no blog da Globalcode, vou falar de um assunto que vem sendo tópico frequente nos Twitters da equipe da GC e também de alguns amigos, o Google Android.

Um pouco de história...
Como já faz parte da estratégia conhecida do Google, em 2005 comprou uma start-up chamada Android e que estava trabalhando em uma distribuição de Linux (baseado no kernel 2.6) voltada para smartphones com o mesmo nome da empresa.
Após essa compra muito se especulou e em 2007 os rumores foram confirmados com o anúncio do Google sobre a criação da Open Handset Alliance e os esforços para a solidificação da plataforma Android.
A partir disso, muito se falou e muitos desenvolvedores (eu inclusive) não acreditavam que o Google teria força para entrar na briga com as fabricantes e operadoras. Mas então, a Nokia anunciou a compra de toda a Symbian Foundation, que controlava o desenvolvimento da plataforma Symbian, base de seus Smartphones da S60 (como por exemplo o N95, 5800, N97 e muitos outros) e base de outras fabricantes como Samsung e SonyEricsson.
Com isso, e também com a Apple mordendo uma fatia cada vez maior do mercado com o iPhone, não restou muitas opções a fabricantes como HTC, Motorola, Samsung e SonyEricsson a não ser se juntar ao Google e então, não demorou muito e os primeiros dispositivos foram sendo anunciados.

O valor do software
E seguindo os passos da Apple que mostrou às outras fabricantes que o valor da mobilidade não está no dispositivo mas sim nos softwares e serviços que o acompanham, o Google apostou na criação do Market, a loja de aplicativos para os celulares com Android.
Dessa forma, o usuário pode escolher entre mais de 27 mil aplicativos (e esse número vem crescendo assustadoramente) para personalizar seu celular e assim deixar com as funcionalidades que mais precisa no dia-a-dia, ou simplesmente aumentando o poder de "possibilidades" de uso do seu telefone celular!

E eu com isso?

Bom, se você é um desenvolvedor "convencional", já conhece Java e está querendo entrar no mercado de mobilidade, o Android assim como o Java ME são os melhores caminhos. Mas, a vantagem do Android é que você pode gerar renda mais facilmente, comercializando seus aplicativos através do Market.
Por enquanto, no Brasil é possível apenas a publicação e download de aplicativos gratuitos. Mas há diversas formas de alternativa, como uso de Paypal ou PagSeguro e vender "licença" da sua aplicação. E além disso, você pode encarar que a publicação bem sucedida de uma aplicação gratuita pode de gerar renda de outras formas, como reconhecimento, ofertas de trabalho, e etc.

Android não é Java, mas é Java ;-)
Pode parecer estranha a frase acima, mas o que quero dizer é que oficialmente, o bytecode gerado não é equivalente a Java, pois sua aplicação é transformada em um arquivo com extensão apk que é interpretado pela máquina virtual do Android chamada Dalvik. Porém, a sintaxe e toda a plataforma de desenvolvimento é exatamente igual ao Java que você já deve estar acostumado.
Então, lhe asseguro que se você já tem conhecimento Java, será muito tranquilo a sua entrada no mundo da mobilidade desenvolvendo para Android. É claro que você poderá mudar um pouco a forma de pensar e até de programar em alguns momentos, mas a adaptação acontecerá sem traumas!


Onde aprender?
Como vocês já devem estar sabendo, a Globalcode está com iniciativas cada vez mais fortes no mundo da mobilidade, e começamos isso com um minicurso de desenvolvimento móvel que já foi apresentado por mim (Neto Marin) no mês passado e que teremos novamente no dia 17 de abril (sábado) das 10 às 13 na GC em São Paulo.

E ainda mais especificamente sobre Android, estamos apresentando ao mercado o Hands-on de Android que será realizado no dia 24 de Abril (sábado) das 10 às 19 na unidade da GC em São Paulo. Serão 8 horas intensas onde irei apresentar a plataforma, SDK, ambiente de desenvolvimento, criação de aplicações com diversos recursos da plataforma e também como publicar sua aplicação no Market.

Quer saber mais?
Temos diversos portais na Internet,e inclusive o Android Brasil que além do site, mantém também o grupo de discussão no Google Groups. E é claro, o site do desenvolvedor Android do próprio Google é uma excelente fonte de material, exemplos e API.
E além disso, esse post foi apenas o primeiro de uma série onde pretendo dividir com vocês semanalmente, minhas experiências, dicas e comentários sobre essa plataforma que deixou de ser uma promessa para ser um novo player no mercado.

Abraços a todos.
Neto Marin

Comentários

Werner Denzin disse…
Parábens, Neto e Globalcode!

De fato, é uma realidade no mercado mundial que nos aproxima de um novo aprendizado (API e ciclos de vida) e que infelizmente, distancia-nos do nosso tão querido e velho amigo, JME! É de cortar o coração... Mas, o movimento é inevitável.

[]s, Werner
Julio Viegas disse…
Parabens pelo post Neto! Seu futuro aluno aqui vai estar no curso de android, no dia 24 proximo. :)
Anônimo disse…
Parabéns. Simples e direto.
Paulo Jr. disse…
Excelente, gostaria de estar presente nesse curso e poder participar.. seria excepcional.
Lais Zanfolim disse…
Bom.. adorei o post!
Minha opnião é que realmente vale a pena investir no Android.
Tem Java ME, QT e por ai vai.. mas uma coisa parece certa.. faltar mercado para o Android é que não vai, rs.
Aguardo os próximos posts.
Muito legal.
Vou começar a mexer com esse tal de android. Esse post me deu um incentivo a mais.
Valeu

Postagens mais visitadas deste blog

Você já pensou em ser palestrante em algum evento ?

Você já deve ter participado de algum evento e pensado como deve ser legal ser palestrante... E para falar a verdade, é muito bom mesmo. Eu adoro, o Vinicius adora e conheço muitas pessoas que curtem cada minuto da participação no evento como palestrante. Com certeza é uma responsabilidade a mais. Você sente medo, adrenalina, tem que se preparar. Literalmente coloca a cara a tapa para qualquer pessoa te avaliar em todos os sentidos. Qual o seu tom de voz?  Seus slides são legais? Você manja mesmo ?  Seu português está ok?  E as palavras em inglês ?  Teve algum deslize técnico? E MUITO mais.  Mas é claro que a exposição tem dois lados... e os resultados podem ser ótimos. Normalmente conhecemos mais pessoas como palestrantes e podem surgir boas oportunidades de negócio. É sempre positivo ter uma nova referência positiva quando as pessoas buscam nosso nome no Google, podemos fazer a diferença para quem está assistindo a palestra e muito mais.  No The Developer's

TDC ONLINE: SUA PLATAFORMA DE PALESTRAS GRAVADAS DO TDC DISPONÍVEL

Além do conteúdo ao vivo transmitido online nas edições do TDC, agora você pode ter acesso à centenas de palestras gravadas, através da nossa nova plataforma de vídeos - o TDC Online, que reúne todas as Trilhas premium, Stadium e Salas dos Patrocinadores das edições anteriores de 2022, TDC Innovation e TDC Connections.  Para acessar, basta clicar na edição em que você participou ( TDC Innovation ou TDC Connections ); Fazer o mesmo login (com e-mail e senha) cadastrados na hora de adquirir ou resgatar o seu ingresso no TDC; E clicar na Trilha de sua opção, e de acordo com a modalidade do seu ingresso. Logo em seguida, você será direcionado para a seguinte página com a lista de todas as palestras por Trilha: Pronto! Agora você tem acesso à centenas de palestras gravadas da sua área de interesse, para assistir como e quando quiser! Caso tenha esquecido a senha, clique na opção "Esqueci a senha" , insira o e-mail que você realizou para o cadastro no evento, e aparecerá a op

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela

TDC Digital: o que você precisa saber para transformar sua carreira em 2022

O TDC Digital é o maior evento de TI do mercado e proporciona crescimento profissional a partir de palestras com especialistas e oportunidades de networking com o mundo todo, direto da sua casa. Através da escolha individual de cada participante é possível obter experiências imersivas e transformadoras conforme o tema-chave de cada trilha.  O evento também é o lugar ideal para ajudar no desenvolvimento de carreiras, permitindo que qualquer pessoa com vontade — e um tema interessante — seja palestrante e compartilhe suas experiências e conhecimentos. Para aqueles que querem  participar como ouvinte a plataforma do TDC favorece conferências dinâmicas, e o encontro de diversas comunidades e ecossistemas de TI. E, após a escolha de uma trilha, fica mais fácil acompanhar especialistas para aprender e se inspirar. Em 2021, o The Developer’s Conference (TDC) foi 100% digital e, em três dias de evento, contou com mais de 300 horas de conteúdos , incluindo: Agile; Testes; Design; Web e Mobile;

Segurança da informação no alvo: o que esperar do futuro?

A segurança da informação não se trata apenas de proteger os dados contra acesso não autorizado. Na prática, refere-se aos recursos que impedem: uso; registro; inspeção; divulgação; interrupção; modificação; destruição de dados. O uso de dados pode abranger desde um perfil nas redes sociais a detalhes financeiros, biometrias ou novos projetos. Por isso, a preocupação com a proteção dos dados é crescente, tanto para empresas quanto clientes. Para muitas pessoas, a coleta de dados é considerada invasão de privacidade, criando desconfiança do titular dos dados, pois o uso dos dados pode ser facilmente corrompido, utilizado para fins não declarados. Apesar de o uso dos dados terem impulsionado os avanços tecnológicos na última década, as organizações lidam com o desafio de distinguir dados de informações pessoais de modo a proteger a privacidade e as preferências dos clientes. Neste artigo, abordaremos o impacto da segurança da informação e o que esperar do futuro. Confira casos conhecido

Inspire a mudança com a liderança ágil

A liderança ágil é essencial para que uma organização realize mudanças de negócios significativas. Ser líder é uma tarefa desafiadora, especialmente em um cenário de constantes transformações, principalmente na forma de lidar com a relação empresa e pessoal. Pesquisas sobre liderança na era digital revelam que algumas soft skills têm sido substituídas por outras, o profundo conhecimento na área de negócio, ser referência nas tecnologias utilizadas, ter foco total no prazo e nas entregas e conhecer um arsenal de técnicas e ferramentas, têm dado espaço a habilidades, como: empatia; adaptabilidade; visão e propósito; engajamento constante; senso de equipe.   A colaboração entre pessoas de todos os níveis hierárquicos são vitais, afinal, as equipes estão trabalhando para o mesmo objetivo: o encantamento e atendimento das necessidades do cliente que proporcionarão um crescimento sustentável da organização. Com propósito claro, estratégia e prioridades definidas, os times desfrutam de uma