Pular para o conteúdo principal

Hackeando o Prezi com Robot, Socket e Android



O Prezi é uma ferramenta online para construção de apresentação multimídia semelhante ao famoso Power Point, porém, através de templates prontos e animações bem trabalhadas, o Prezi consegue dar uma dinâmica e uma qualidade visual muito maior.

Mas mesmo com toda esta propaganda inicial me sentia desconfortável com uma situação do Prezi: necessitaria estar perto do computador ou do notebook para ficar trocando os slides, quer dizer, dando mais um passo na animação construída na ferramenta. Isso pesa muito quando temos um descendente de italiano (meu caso) que fala muito com as mãos e não consegue ficar parado durante a palestra.

Desta forma decidi “hackear” o Prezi. Vale dizer que este termo é confundido com o termo “Crakear”, que, neste caso, quer dizer pessoas que invadem ou roubam dados digitais com objetivo de destruir sistemas ou de obter lucro de forma ilícita. O Hacker é o “nerd do bem”!.

Inicialmente tentei mudar o aplicativo que podemos baixar do Prezi e passar a ter a apresentação off-line. Mas, logo de cara vi uma pasta com o nome “Adobe AIR”. Fazendo uma pesquisa na Wikipedia encontrei esta excelente descrição: Adobe Integrated Runtime, também conhecido como Adobe AIR e inicialmente chamado de Apollo, é um programa multiplataforma de ambiente tempo de execução desenvolvida pela Adobe Systems para construir aplicações de Internet Rica usando Adobe Flash, Adobe Flex, HTML, ou AJAX.

Fiquei um pouco desanimado pelo pouco tempo que tinha para fazer este “hacking” e pelo fato de ser iniciante nas tecnologias utilizadas pelo AIR. Então pensei: Poderia hackear o sistema operacional e simular o clique do botão físico esquerda e botão físico direita.

Seguindo por este caminho obtive êxito, isso porque logo encontrei um artigo chamado “Robot, O que é isso?”, publicado no blog “Java Simples”. Esta classe simula eventos do teclado e do mouse, ou seja, simplesmente TUDO o que estava precisando.  Logo tinha o código Java que simulava a esquerda e direita do teclado:

Robot robot = new Robot();
robot.delay(500);
if (recebeu.equals("vai")){
robot.keyPress(KeyEvent.VK_RIGHT);
} else {
robot.keyPress(KeyEvent.VK_LEFT);
}

Mas um grande problema ainda persistia. Não conseguiria fazer isso a distância. Esta questão foi mais fácil de resolver, pelo seguinte fato: Java tem uma grande competência em lidar com a pilha de protocolos TCP/IP, então, logo pensei em Socket. E o problema da rede não era empecilho porque tenho um roteador wi-fi e na grande maioria dos eventos que palestro tem rede sem fio. E como Android é Java, também usaria Socket.

Para quem não conhece socket, é uma comunicação ponto a ponto onde temos um servidor e um ou mais clientes. O servidor terá um número ip e escuta em uma das 65.356 portas disponíveis no protocolo TCP/IP.

Então consegui construir o server socket que recebe o comando e vai mudar a animação no Prezi. Claro que este deve estar aberto. Vejam o código:

public class ServerSocket {

    public static void main(String[] args) {
        OutputStreamWriter output;
        BufferedWriter writer;
       
        BufferedReader leitorLinhas;
        InputStreamReader leitorCaracteres;
        InputStream leitorSocket;
       
        try {
            ServerSocket server = new ServerSocket(8080);

            while (true){
                Socket s = server.accept();
                System.out.println(server.getInetAddress());
                leitorSocket = s.getInputStream();
                leitorCaracteres = new InputStreamReader(leitorSocket);
                leitorLinhas = new BufferedReader(leitorCaracteres);
                String recebeu = leitorLinhas.readLine();
                               
                Robot robot = new Robot();
                robot.delay(500);
                if (recebeu.equals("vai")){
                    robot.keyPress(KeyEvent.VK_RIGHT);
                } else {
                    robot.keyPress(KeyEvent.VK_LEFT);
                }
            }
        } catch (Exception ex) {
            System.out.println(ex.getMessage());
        }
    }
}

O cliente socket precisará enviar o texto vai para animar progressivamente a apresentação no Prezi ou, qualquer outro texto, como “volto” para retroceder na animação.

O layout da aplicação Android é muito simples e feio. Apenas com dois botões para passar a animação, um cronômetro e uma caixa de texto para inserir o endereço ip do server socket.

<LinearLayout xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android"
    xmlns:tools="http://schemas.android.com/tools"
    android:layout_width="match_parent"
    android:layout_height="match_parent"
    android:orientation="vertical">

    <LinearLayout
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content"
        android:layout_weight="0.5" >

        <Button
            android:layout_width="0dp"
            android:layout_height="match_parent"
            android:layout_weight="0.5"
            android:onClick="volta"
            android:text="Trás"
            android:textSize="30sp" />

        <Button
            android:layout_width="0dp"
            android:layout_height="match_parent"
            android:layout_weight="0.5"
            android:onClick="vai"
            android:text="Frente"
            android:textSize="30sp" />

    </LinearLayout>

    <Chronometer
        android:textSize="50sp"
        android:layout_gravity="center_horizontal"
        android:gravity="center_horizontal"
        android:id="@+id/crono"
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content"
        android:text="Chronometer" />

    <EditText
        android:layout_gravity="center_horizontal"
        android:gravity="center_horizontal"
        android:id="@+id/ip"
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content" />
</LinearLayout>

Observação: Como o artigo não pode ser muito longo, não vou colocar explicação detalhadas sobre os códigos, porém, sintam-se a vontade para tirarem as possíveis dúvidas nos comentários deste artigo.

Já na parte do código Java referente ao aplicativo Android o resultado final foi este:

public class ClientSocketPrezi extends Activity{
                private Chronometer crono;   
                private EditText edtIp;
               
                protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
                               super.onCreate(savedInstanceState);
                               setContentView(R.layout.activity_main);
                              
                               crono = (Chronometer) findViewById(R.id.crono);
                               crono.start();
                              
                                edtIp = (EditText) findViewById(R.id.ip);
                }
               
                public void vai (View v){
                               new Assincrono().execute("vai");
                }
               
               
                public void volta (View v){
                               new Assincrono().execute("volta");
                }

                class Assincrono extends AsyncTask<String, Void, String>{
                              
                                protected String doInBackground(String... params) {
                                        BufferedWriter escritorLinhas;
                                        OutputStreamWriter escritorCaracteres;
                                        OutputStream escritorSocket;
                       
                                        Socket s;
                                               try {
                                                               s = new Socket(edtIp.getText().toString(), 8080);
                                                              
                                                               escritorSocket = s.getOutputStream();
                                                               escritorCaracteres = new OutputStreamWriter(escritorSocket);
                                                               escritorLinhas = new BufferedWriter(escritorCaracteres);
                                                               escritorLinhas.write(params[0]);
                                                               escritorLinhas.flush();
                                                               escritorLinhas.close();
                                                              
                                       s.close();
                                       return "foi";                            
                                               } catch (UnknownHostException e) {
                                                               return "UnknownHostException: ";
                                               } catch (IOException e) {
                                                               return "IOException: "+e;
                                               }
                               }
                              
                }

}

Os códigos marcados com negrito são os principais pontos neste código. Os métodos vai e volta foram marcados no xml como responsáveis por responderem a ação de clique nos botões com as respectivas ações. Cada um deles aciona a classe AsyncTask passando o texto correspondente a ação desejada.

No método doInBackground, de implementação obrigatória, criamos o cliente socket com o número ip digitado no EditText , escrevemos a ação desejada no OutputStreamWriter e enviados ao servidor que, já deve estar rodando no servidor e escutando na porta configurada.

Conclusão e Futuro

Depois destes código seu aplicativo já está pronto para ser testado. Quem participou do 3º Connecting Knowledge, evento promovido pelo Things Hacker Team, que ocorreu no dia 19/12 na sede da Intel em São Paulo e assistiu minha palestra, pode perceber que esteva utilizando a aplicativo com um adicional: acionamento das animações pelo sensor do rotação do tablete, e mais, como estava só com rede local, não mostrei, mas já tem controle via voz, via redes sociais e via toque musicais.

Quem ver mais sobre estes controles avançados? Existem três opções: assistir o próximo evento do Things Hacker Team, me convidar pra palestrar  (hehehe...) ou aguardar futuros artigos.

Obrigado pela leitura.

Comentários

Evandro Gaio disse…
Quando a necessidade de algo diferente aparece na nossa frente, fazemos o possível para conseguir alcançar este objetivo. Gostei das providencias tomadas.
Evandro Barroso Gaio @ebgaio
Yara Senger disse…
Bem legal! Parabens!
lorduakiti disse…
Realmente é bem interessante a solução que você criou porém não seria mais fácil usar um mouse bluetooth?

Postagens mais visitadas deste blog

Melhorando Performance de JPA com Spring Web Flow

No TDC2009 realizado pela Globalcode em São Paulo foi apresentado um Lightning Talk sobre um problema específico de performance em aplicações Web com JPA e uma possível solução usando o Spring Web Flow . Num período de 15 minutos, os slides a seguir foram apresentados e seguidos de alguns vídeos de demonstração de uma aplicação Web em execução. Melhorando performance do JPA com Spring Web Flow View more presentations from Dr. Spock . Nesta apresentação foi dito que temos encontrado problemas de performance em aplicações Web que utilizam as tecnologias JSF + JPA + Ajax quando precisamos gerenciar um contexto de persistência (EntityManager). Estes problemas se manifestam quando aplicamos uma resposta errada para a pergunta: Como gerenciar o contexto de persistência numa aplicação Web? Se as aplicações não usam Ajax e limitam-se ao modelo orientado a requisições, a solução mais comum é o uso do design pattern chamado "Open Session In View Filter". Através deste design

10 reasons why we love JSF

1. One-slide technology: it's so simple that I can explain basic JSF with one slide. 2. Easy to extend: components, listeners, render kit, Events, Controller, etc. 3. Real-world adoption: JBoss, Exadel, Oracle, IBM, ... 4. Architecture model: you can choose between more than 100 different architecture. 5. Open-mind community: using JSF you are going to meet very interesting people. 6. We are using JSF the last 5 years and we found very good market for JSF in Brazil 7. Progress: look to JSf 1.1 to JSF 1.2, JSF 1.2 to JSF 2.0. People are working really hard! 8. Many professionals now available 9. It's a standard. It's JCP. Before complain, report and help! 10. Ed Burns, spec leader, is an old Globalcode community friend! EXTRA: My wife is specialist in JSF. She's my F1 for JSF :) Nice job JSF community! -Vinicius Senger

O que é Lógica de programação?

Este é o segundo de uma série de posts voltados aos leitores do blog que estão dando início à carreira de desenvolvimento de software. O assunto de hoje é a lógica de programação. Para ler antes: Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados A lógica de programação é um pré-requisito para quem quer se tornar um desenvolvedor de software, independente da linguagem de programação que se pretende utilizar. Mas o que é de fato a Lógica de Programação e como saber se eu tenho esse pré-requisito? A lógica de programação nada mais é do que a organização coerente das instruções do programa para que seu objetivo seja alcançado. Para criar essa organização, instruções simples do programa, como mudar o valor de uma variável ou desenhar uma imagem na tela do computador, são interconectadas a estruturas lógicas que guiam o fluxo da execução do programa. Isso é muito próximo ao que usamos em nosso cotidiano para realizar atividad

Dica rápida: Apagando registros duplicados no MySQL

Ola pessoal, Sei que vocês estão acostumados a ver posts meus sobre tecnologia móvel ou algo relacionado, mas hoje vou falar sobre um pequeno "truque" que usei esse final de semana com o MySQL. Eu estava desenvolvendo o lado servidor de uma nova aplicação mobile (ahh, então "tem a ver" com mobile hehe), e quando fui fazer alguns testes percebi que tinha quase 7 mil registros duplicados (!!!) na minha base de dados! Bom, o meu primeiro reflexo como programador foi pensar em fazer um "programinha" Java para buscar e deletar todos esses registros duplicados. Mas ai, resolvi tirar as teias de aranha dos neurônios e usar os vários anos de experiência que passei com SQL e criar uma query que fizesse esse trabalho todo de uma vez!! E a query ficou assim: delete from TABLE_NAME USING  TABLE_NAME, TABLE_NAME  AS  auxtable WHERE   ( NOT  TABLE_NAME.id  =  auxtable.id ) AND   ( TABLE_NAME.name  =  auxtable.name ) Explicação direta: TABLE_NAME

JavaMail: Enviando mensagem HTML com anexos

Introdução Depois do post "JavaMail: Enviando e-mail com Java" , que apresentava como enviar um e-mail com Java, resolvi complementar a assunto apresentando como enviar uma mensagem formatada, em HTML , e também como realizar o envio de anexos. Bibliotecas Além da biblioteca JavaMail, veja mais no post anterior , é necessário incluir o JavaBeans Activation Framework (JAF), apenas se a versão utilizada for anterior ao JSE 6.0 , que já tem o JAF incluso. O JAF está disponível em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index-135046.html , e neste download encontramos, alguns exemplos na pasta demo , documentação, incluindo javadocs, na pasta docs e a biblioteca activation.jar , que deve ser acrescentada no classpath da aplicação para versões anteriores ao JSE 6.0. Exemplo Primeiramente devemos realizar a configuração da javax.mail.Session e da javax.mail.internet.MimeMessage , estes passos podem ser vistos no post anterior . Agora vamos montar um

TDC ONLINE: SUA PLATAFORMA DE PALESTRAS GRAVADAS DO TDC DISPONÍVEL

Além do conteúdo ao vivo transmitido online nas edições do TDC, agora você pode ter acesso à centenas de palestras gravadas, através da nossa nova plataforma de vídeos - o TDC Online, que reúne todas as Trilhas premium, Stadium e Salas dos Patrocinadores das edições anteriores de 2022, TDC Innovation e TDC Connections.  Para acessar, basta clicar na edição em que você participou ( TDC Innovation ou TDC Connections ); Fazer o mesmo login (com e-mail e senha) cadastrados na hora de adquirir ou resgatar o seu ingresso no TDC; E clicar na Trilha de sua opção, e de acordo com a modalidade do seu ingresso. Logo em seguida, você será direcionado para a seguinte página com a lista de todas as palestras por Trilha: Pronto! Agora você tem acesso à centenas de palestras gravadas da sua área de interesse, para assistir como e quando quiser! Caso tenha esquecido a senha, clique na opção "Esqueci a senha" , insira o e-mail que você realizou para o cadastro no evento, e aparecerá a op