Pular para o conteúdo principal

Hackeando o Prezi com Robot, Socket e Android



O Prezi é uma ferramenta online para construção de apresentação multimídia semelhante ao famoso Power Point, porém, através de templates prontos e animações bem trabalhadas, o Prezi consegue dar uma dinâmica e uma qualidade visual muito maior.

Mas mesmo com toda esta propaganda inicial me sentia desconfortável com uma situação do Prezi: necessitaria estar perto do computador ou do notebook para ficar trocando os slides, quer dizer, dando mais um passo na animação construída na ferramenta. Isso pesa muito quando temos um descendente de italiano (meu caso) que fala muito com as mãos e não consegue ficar parado durante a palestra.

Desta forma decidi “hackear” o Prezi. Vale dizer que este termo é confundido com o termo “Crakear”, que, neste caso, quer dizer pessoas que invadem ou roubam dados digitais com objetivo de destruir sistemas ou de obter lucro de forma ilícita. O Hacker é o “nerd do bem”!.

Inicialmente tentei mudar o aplicativo que podemos baixar do Prezi e passar a ter a apresentação off-line. Mas, logo de cara vi uma pasta com o nome “Adobe AIR”. Fazendo uma pesquisa na Wikipedia encontrei esta excelente descrição: Adobe Integrated Runtime, também conhecido como Adobe AIR e inicialmente chamado de Apollo, é um programa multiplataforma de ambiente tempo de execução desenvolvida pela Adobe Systems para construir aplicações de Internet Rica usando Adobe Flash, Adobe Flex, HTML, ou AJAX.

Fiquei um pouco desanimado pelo pouco tempo que tinha para fazer este “hacking” e pelo fato de ser iniciante nas tecnologias utilizadas pelo AIR. Então pensei: Poderia hackear o sistema operacional e simular o clique do botão físico esquerda e botão físico direita.

Seguindo por este caminho obtive êxito, isso porque logo encontrei um artigo chamado “Robot, O que é isso?”, publicado no blog “Java Simples”. Esta classe simula eventos do teclado e do mouse, ou seja, simplesmente TUDO o que estava precisando.  Logo tinha o código Java que simulava a esquerda e direita do teclado:

Robot robot = new Robot();
robot.delay(500);
if (recebeu.equals("vai")){
robot.keyPress(KeyEvent.VK_RIGHT);
} else {
robot.keyPress(KeyEvent.VK_LEFT);
}

Mas um grande problema ainda persistia. Não conseguiria fazer isso a distância. Esta questão foi mais fácil de resolver, pelo seguinte fato: Java tem uma grande competência em lidar com a pilha de protocolos TCP/IP, então, logo pensei em Socket. E o problema da rede não era empecilho porque tenho um roteador wi-fi e na grande maioria dos eventos que palestro tem rede sem fio. E como Android é Java, também usaria Socket.

Para quem não conhece socket, é uma comunicação ponto a ponto onde temos um servidor e um ou mais clientes. O servidor terá um número ip e escuta em uma das 65.356 portas disponíveis no protocolo TCP/IP.

Então consegui construir o server socket que recebe o comando e vai mudar a animação no Prezi. Claro que este deve estar aberto. Vejam o código:

public class ServerSocket {

    public static void main(String[] args) {
        OutputStreamWriter output;
        BufferedWriter writer;
       
        BufferedReader leitorLinhas;
        InputStreamReader leitorCaracteres;
        InputStream leitorSocket;
       
        try {
            ServerSocket server = new ServerSocket(8080);

            while (true){
                Socket s = server.accept();
                System.out.println(server.getInetAddress());
                leitorSocket = s.getInputStream();
                leitorCaracteres = new InputStreamReader(leitorSocket);
                leitorLinhas = new BufferedReader(leitorCaracteres);
                String recebeu = leitorLinhas.readLine();
                               
                Robot robot = new Robot();
                robot.delay(500);
                if (recebeu.equals("vai")){
                    robot.keyPress(KeyEvent.VK_RIGHT);
                } else {
                    robot.keyPress(KeyEvent.VK_LEFT);
                }
            }
        } catch (Exception ex) {
            System.out.println(ex.getMessage());
        }
    }
}

O cliente socket precisará enviar o texto vai para animar progressivamente a apresentação no Prezi ou, qualquer outro texto, como “volto” para retroceder na animação.

O layout da aplicação Android é muito simples e feio. Apenas com dois botões para passar a animação, um cronômetro e uma caixa de texto para inserir o endereço ip do server socket.

<LinearLayout xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android"
    xmlns:tools="http://schemas.android.com/tools"
    android:layout_width="match_parent"
    android:layout_height="match_parent"
    android:orientation="vertical">

    <LinearLayout
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content"
        android:layout_weight="0.5" >

        <Button
            android:layout_width="0dp"
            android:layout_height="match_parent"
            android:layout_weight="0.5"
            android:onClick="volta"
            android:text="Trás"
            android:textSize="30sp" />

        <Button
            android:layout_width="0dp"
            android:layout_height="match_parent"
            android:layout_weight="0.5"
            android:onClick="vai"
            android:text="Frente"
            android:textSize="30sp" />

    </LinearLayout>

    <Chronometer
        android:textSize="50sp"
        android:layout_gravity="center_horizontal"
        android:gravity="center_horizontal"
        android:id="@+id/crono"
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content"
        android:text="Chronometer" />

    <EditText
        android:layout_gravity="center_horizontal"
        android:gravity="center_horizontal"
        android:id="@+id/ip"
        android:layout_width="match_parent"
        android:layout_height="wrap_content" />
</LinearLayout>

Observação: Como o artigo não pode ser muito longo, não vou colocar explicação detalhadas sobre os códigos, porém, sintam-se a vontade para tirarem as possíveis dúvidas nos comentários deste artigo.

Já na parte do código Java referente ao aplicativo Android o resultado final foi este:

public class ClientSocketPrezi extends Activity{
                private Chronometer crono;   
                private EditText edtIp;
               
                protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
                               super.onCreate(savedInstanceState);
                               setContentView(R.layout.activity_main);
                              
                               crono = (Chronometer) findViewById(R.id.crono);
                               crono.start();
                              
                                edtIp = (EditText) findViewById(R.id.ip);
                }
               
                public void vai (View v){
                               new Assincrono().execute("vai");
                }
               
               
                public void volta (View v){
                               new Assincrono().execute("volta");
                }

                class Assincrono extends AsyncTask<String, Void, String>{
                              
                                protected String doInBackground(String... params) {
                                        BufferedWriter escritorLinhas;
                                        OutputStreamWriter escritorCaracteres;
                                        OutputStream escritorSocket;
                       
                                        Socket s;
                                               try {
                                                               s = new Socket(edtIp.getText().toString(), 8080);
                                                              
                                                               escritorSocket = s.getOutputStream();
                                                               escritorCaracteres = new OutputStreamWriter(escritorSocket);
                                                               escritorLinhas = new BufferedWriter(escritorCaracteres);
                                                               escritorLinhas.write(params[0]);
                                                               escritorLinhas.flush();
                                                               escritorLinhas.close();
                                                              
                                       s.close();
                                       return "foi";                            
                                               } catch (UnknownHostException e) {
                                                               return "UnknownHostException: ";
                                               } catch (IOException e) {
                                                               return "IOException: "+e;
                                               }
                               }
                              
                }

}

Os códigos marcados com negrito são os principais pontos neste código. Os métodos vai e volta foram marcados no xml como responsáveis por responderem a ação de clique nos botões com as respectivas ações. Cada um deles aciona a classe AsyncTask passando o texto correspondente a ação desejada.

No método doInBackground, de implementação obrigatória, criamos o cliente socket com o número ip digitado no EditText , escrevemos a ação desejada no OutputStreamWriter e enviados ao servidor que, já deve estar rodando no servidor e escutando na porta configurada.

Conclusão e Futuro

Depois destes código seu aplicativo já está pronto para ser testado. Quem participou do 3º Connecting Knowledge, evento promovido pelo Things Hacker Team, que ocorreu no dia 19/12 na sede da Intel em São Paulo e assistiu minha palestra, pode perceber que esteva utilizando a aplicativo com um adicional: acionamento das animações pelo sensor do rotação do tablete, e mais, como estava só com rede local, não mostrei, mas já tem controle via voz, via redes sociais e via toque musicais.

Quem ver mais sobre estes controles avançados? Existem três opções: assistir o próximo evento do Things Hacker Team, me convidar pra palestrar  (hehehe...) ou aguardar futuros artigos.

Obrigado pela leitura.

Comentários

Evandro Gaio disse…
Quando a necessidade de algo diferente aparece na nossa frente, fazemos o possível para conseguir alcançar este objetivo. Gostei das providencias tomadas.
Evandro Barroso Gaio @ebgaio
Yara Senger disse…
Bem legal! Parabens!
lorduakiti disse…
Realmente é bem interessante a solução que você criou porém não seria mais fácil usar um mouse bluetooth?

Postagens mais visitadas deste blog

Você já pensou em ser palestrante em algum evento ?

Você já deve ter participado de algum evento e pensado como deve ser legal ser palestrante... E para falar a verdade, é muito bom mesmo. Eu adoro, o Vinicius adora e conheço muitas pessoas que curtem cada minuto da participação no evento como palestrante. Com certeza é uma responsabilidade a mais. Você sente medo, adrenalina, tem que se preparar. Literalmente coloca a cara a tapa para qualquer pessoa te avaliar em todos os sentidos. Qual o seu tom de voz?  Seus slides são legais? Você manja mesmo ?  Seu português está ok?  E as palavras em inglês ?  Teve algum deslize técnico? E MUITO mais.  Mas é claro que a exposição tem dois lados... e os resultados podem ser ótimos. Normalmente conhecemos mais pessoas como palestrantes e podem surgir boas oportunidades de negócio. É sempre positivo ter uma nova referência positiva quando as pessoas buscam nosso nome no Google, podemos fazer a diferença para quem está assistindo a palestra e muito mais.  No The Developer's

TDC ONLINE: SUA PLATAFORMA DE PALESTRAS GRAVADAS DO TDC DISPONÍVEL

Além do conteúdo ao vivo transmitido online nas edições do TDC, agora você pode ter acesso à centenas de palestras gravadas, através da nossa nova plataforma de vídeos - o TDC Online, que reúne todas as Trilhas premium, Stadium e Salas dos Patrocinadores das edições anteriores de 2022, TDC Innovation e TDC Connections.  Para acessar, basta clicar na edição em que você participou ( TDC Innovation ou TDC Connections ); Fazer o mesmo login (com e-mail e senha) cadastrados na hora de adquirir ou resgatar o seu ingresso no TDC; E clicar na Trilha de sua opção, e de acordo com a modalidade do seu ingresso. Logo em seguida, você será direcionado para a seguinte página com a lista de todas as palestras por Trilha: Pronto! Agora você tem acesso à centenas de palestras gravadas da sua área de interesse, para assistir como e quando quiser! Caso tenha esquecido a senha, clique na opção "Esqueci a senha" , insira o e-mail que você realizou para o cadastro no evento, e aparecerá a op

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela

TDC Digital: o que você precisa saber para transformar sua carreira em 2022

O TDC Digital é o maior evento de TI do mercado e proporciona crescimento profissional a partir de palestras com especialistas e oportunidades de networking com o mundo todo, direto da sua casa. Através da escolha individual de cada participante é possível obter experiências imersivas e transformadoras conforme o tema-chave de cada trilha.  O evento também é o lugar ideal para ajudar no desenvolvimento de carreiras, permitindo que qualquer pessoa com vontade — e um tema interessante — seja palestrante e compartilhe suas experiências e conhecimentos. Para aqueles que querem  participar como ouvinte a plataforma do TDC favorece conferências dinâmicas, e o encontro de diversas comunidades e ecossistemas de TI. E, após a escolha de uma trilha, fica mais fácil acompanhar especialistas para aprender e se inspirar. Em 2021, o The Developer’s Conference (TDC) foi 100% digital e, em três dias de evento, contou com mais de 300 horas de conteúdos , incluindo: Agile; Testes; Design; Web e Mobile;

Segurança da informação no alvo: o que esperar do futuro?

A segurança da informação não se trata apenas de proteger os dados contra acesso não autorizado. Na prática, refere-se aos recursos que impedem: uso; registro; inspeção; divulgação; interrupção; modificação; destruição de dados. O uso de dados pode abranger desde um perfil nas redes sociais a detalhes financeiros, biometrias ou novos projetos. Por isso, a preocupação com a proteção dos dados é crescente, tanto para empresas quanto clientes. Para muitas pessoas, a coleta de dados é considerada invasão de privacidade, criando desconfiança do titular dos dados, pois o uso dos dados pode ser facilmente corrompido, utilizado para fins não declarados. Apesar de o uso dos dados terem impulsionado os avanços tecnológicos na última década, as organizações lidam com o desafio de distinguir dados de informações pessoais de modo a proteger a privacidade e as preferências dos clientes. Neste artigo, abordaremos o impacto da segurança da informação e o que esperar do futuro. Confira casos conhecido

Inspire a mudança com a liderança ágil

A liderança ágil é essencial para que uma organização realize mudanças de negócios significativas. Ser líder é uma tarefa desafiadora, especialmente em um cenário de constantes transformações, principalmente na forma de lidar com a relação empresa e pessoal. Pesquisas sobre liderança na era digital revelam que algumas soft skills têm sido substituídas por outras, o profundo conhecimento na área de negócio, ser referência nas tecnologias utilizadas, ter foco total no prazo e nas entregas e conhecer um arsenal de técnicas e ferramentas, têm dado espaço a habilidades, como: empatia; adaptabilidade; visão e propósito; engajamento constante; senso de equipe.   A colaboração entre pessoas de todos os níveis hierárquicos são vitais, afinal, as equipes estão trabalhando para o mesmo objetivo: o encantamento e atendimento das necessidades do cliente que proporcionarão um crescimento sustentável da organização. Com propósito claro, estratégia e prioridades definidas, os times desfrutam de uma