Pular para o conteúdo principal

Globalcode + Eletron Livre no Devoxx

O Devoxx foi simplesmente sensacional, impecável conforme comentei no primeiro post sobre o evento! A receptividade a comunidade Brasileira foi incrível e realmente o SouJava está sendo bastante reconhecido pelo trabalho de comunidade.

Neste post vou falar um pouco sobre a apresentação do Vinicius Senger do projeto JHome e no próximo post pretendo falar sobre a participação dos grupos de usuários e do SouJava no evento.

Esta foi a primeira vez que fomos convidados para o Devoxx e ficamos totalmente honrados e surpresos. Foi algo surpreendente que aconteceu no JavaOne logo após a demo do Jhome que o Vinicius fez no Community Keynote.

Foi muito mais que um convite para ministrar uma palestra, pois além de nos convidar o Stephan convidou também Marc Fleury e a equipe da sua nova empresa de automação residencial Open Remote com intuito de nos apresentar. A palestra foi divida em duas partes, a primeira apresentada pelo Vinicius Senger e a segunda pelo o Eric Bariaux.

O Vinicius sabia do tamanho da responsabilidade, e como era de se esperar ficou bastante nervoso e fazendo mil melhorias nas demos e na apresentação. Sem dúvida foi um sinal de respeito a platéia do Devoxx que é conhecida com uma das platéias mais técnicas e avançadas de todos os eventos de Java.

A sala estava completamente lotada, pessoas sentadas em todos os degraus dos corredores, na porta, no chão. De acordo com a organização do evento haviam mais de 500 pessoas na sala.

Nos primeiros dois minutos de palestra o nervosismo foi embora e conforme prometido a platéia teve muita diversão e pelo menos uns 5 momentos de pura risada com as brincadeiras e bom humor do Vinicius, que fez várias demos:
  • apresentou a arquitetura JavaEE utilizada no JHome
  • mostrou um pedaço do Firmware do Arduino
  • mostrou um exemplo de código que roda no device
  • ligou e desligou luzes;
  • controlou as cores da fita de leds usando Color pickup;
  • agendou a cafeteira;
  • utilizou a nova API de sensores detectando distância e temperatura.


Quando acabou a palestra aquele alívio imediato:
  • Objetivo #1 cumprido: não houve falhas nas demos durante a apresentação
  • Objetivo #2 cumprido: não quero ser exagerada, mas o Vinicius arrasou. Ficou evidente que a platéia gostou muito, deram boas risadas, muita gente veio conversar depois. E várias horas depois vimos os tweets, e quase choramos de alegria favoritando os tweets para não perder no timeline!
Em seguida o Eric Bariaux da Open Remote fez uma apresentação totalmente complementar sobre automação residêncial, falando sobre os problemas do mercado atual e uma proposição de solução com base em padronização e open-source.
O Open Remote é uma solução de software open-source que suporta dezenas de padrões da indústria de automação, como z-wave e x-10.

No final da apresentação muitas pessoas vieram conversar com os dois palestrantes, até termos que sair da sala para que o próximo palestrante começasse a palestra sobre Google TV.
Para registro: Está nos nossos planos começar a testar e desenvolver as nossas primeiras aplicações para Google TV.


O quê? Ele realmente veio para o Devoxx assistir a palestra! 
Uma das pessoas que veio conversar, interessado principalmente nas solucões de hardware, para nossa surpresa apresentou-se: Prazer, sou Marc Fleury. Você é um dos melhores palestrantes que eu já vi. Fucking Hilarius.


Conversamos alguns minutos e logo surgiu o convite para irmos tomar um cerveja.  Chegando ao restaurante ele logo agradeçeu: Muito obrigada, graças a vocês fomos convidados para o Devoxx.
Conversamos bastante, muita sinergia e oportunidades!

  • Objetivo #3 cumprido: Contato com Marc Fleury para conhecer os projetos da Open Remote e apresentar os projetos da Globalcode: Eletron Livre, JHome, Program-me, Tomada e infinitas outras possibilidades.

Em breve as duas apresentações estarão disponíveis no Parleys.com, fique ligado, vai ter muita coisa boa lá!

Nossos sinceros agradecimentos ao Stephan Janssen pela oportunidade, entusiasmo, networking.

Participar do Devoxx realmente não tem preço. 

Ano que vem estaremos lá com certeza!

[]s
Yara Senger

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Melhorando Performance de JPA com Spring Web Flow

No TDC2009 realizado pela Globalcode em São Paulo foi apresentado um Lightning Talk sobre um problema específico de performance em aplicações Web com JPA e uma possível solução usando o Spring Web Flow . Num período de 15 minutos, os slides a seguir foram apresentados e seguidos de alguns vídeos de demonstração de uma aplicação Web em execução. Melhorando performance do JPA com Spring Web Flow View more presentations from Dr. Spock . Nesta apresentação foi dito que temos encontrado problemas de performance em aplicações Web que utilizam as tecnologias JSF + JPA + Ajax quando precisamos gerenciar um contexto de persistência (EntityManager). Estes problemas se manifestam quando aplicamos uma resposta errada para a pergunta: Como gerenciar o contexto de persistência numa aplicação Web? Se as aplicações não usam Ajax e limitam-se ao modelo orientado a requisições, a solução mais comum é o uso do design pattern chamado "Open Session In View Filter". Através deste design

10 reasons why we love JSF

1. One-slide technology: it's so simple that I can explain basic JSF with one slide. 2. Easy to extend: components, listeners, render kit, Events, Controller, etc. 3. Real-world adoption: JBoss, Exadel, Oracle, IBM, ... 4. Architecture model: you can choose between more than 100 different architecture. 5. Open-mind community: using JSF you are going to meet very interesting people. 6. We are using JSF the last 5 years and we found very good market for JSF in Brazil 7. Progress: look to JSf 1.1 to JSF 1.2, JSF 1.2 to JSF 2.0. People are working really hard! 8. Many professionals now available 9. It's a standard. It's JCP. Before complain, report and help! 10. Ed Burns, spec leader, is an old Globalcode community friend! EXTRA: My wife is specialist in JSF. She's my F1 for JSF :) Nice job JSF community! -Vinicius Senger

O que é Lógica de programação?

Este é o segundo de uma série de posts voltados aos leitores do blog que estão dando início à carreira de desenvolvimento de software. O assunto de hoje é a lógica de programação. Para ler antes: Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados A lógica de programação é um pré-requisito para quem quer se tornar um desenvolvedor de software, independente da linguagem de programação que se pretende utilizar. Mas o que é de fato a Lógica de Programação e como saber se eu tenho esse pré-requisito? A lógica de programação nada mais é do que a organização coerente das instruções do programa para que seu objetivo seja alcançado. Para criar essa organização, instruções simples do programa, como mudar o valor de uma variável ou desenhar uma imagem na tela do computador, são interconectadas a estruturas lógicas que guiam o fluxo da execução do programa. Isso é muito próximo ao que usamos em nosso cotidiano para realizar atividad

Dica rápida: Apagando registros duplicados no MySQL

Ola pessoal, Sei que vocês estão acostumados a ver posts meus sobre tecnologia móvel ou algo relacionado, mas hoje vou falar sobre um pequeno "truque" que usei esse final de semana com o MySQL. Eu estava desenvolvendo o lado servidor de uma nova aplicação mobile (ahh, então "tem a ver" com mobile hehe), e quando fui fazer alguns testes percebi que tinha quase 7 mil registros duplicados (!!!) na minha base de dados! Bom, o meu primeiro reflexo como programador foi pensar em fazer um "programinha" Java para buscar e deletar todos esses registros duplicados. Mas ai, resolvi tirar as teias de aranha dos neurônios e usar os vários anos de experiência que passei com SQL e criar uma query que fizesse esse trabalho todo de uma vez!! E a query ficou assim: delete from TABLE_NAME USING  TABLE_NAME, TABLE_NAME  AS  auxtable WHERE   ( NOT  TABLE_NAME.id  =  auxtable.id ) AND   ( TABLE_NAME.name  =  auxtable.name ) Explicação direta: TABLE_NAME

JavaMail: Enviando mensagem HTML com anexos

Introdução Depois do post "JavaMail: Enviando e-mail com Java" , que apresentava como enviar um e-mail com Java, resolvi complementar a assunto apresentando como enviar uma mensagem formatada, em HTML , e também como realizar o envio de anexos. Bibliotecas Além da biblioteca JavaMail, veja mais no post anterior , é necessário incluir o JavaBeans Activation Framework (JAF), apenas se a versão utilizada for anterior ao JSE 6.0 , que já tem o JAF incluso. O JAF está disponível em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index-135046.html , e neste download encontramos, alguns exemplos na pasta demo , documentação, incluindo javadocs, na pasta docs e a biblioteca activation.jar , que deve ser acrescentada no classpath da aplicação para versões anteriores ao JSE 6.0. Exemplo Primeiramente devemos realizar a configuração da javax.mail.Session e da javax.mail.internet.MimeMessage , estes passos podem ser vistos no post anterior . Agora vamos montar um

TDC ONLINE: SUA PLATAFORMA DE PALESTRAS GRAVADAS DO TDC DISPONÍVEL

Além do conteúdo ao vivo transmitido online nas edições do TDC, agora você pode ter acesso à centenas de palestras gravadas, através da nossa nova plataforma de vídeos - o TDC Online, que reúne todas as Trilhas premium, Stadium e Salas dos Patrocinadores das edições anteriores de 2022, TDC Innovation e TDC Connections.  Para acessar, basta clicar na edição em que você participou ( TDC Innovation ou TDC Connections ); Fazer o mesmo login (com e-mail e senha) cadastrados na hora de adquirir ou resgatar o seu ingresso no TDC; E clicar na Trilha de sua opção, e de acordo com a modalidade do seu ingresso. Logo em seguida, você será direcionado para a seguinte página com a lista de todas as palestras por Trilha: Pronto! Agora você tem acesso à centenas de palestras gravadas da sua área de interesse, para assistir como e quando quiser! Caso tenha esquecido a senha, clique na opção "Esqueci a senha" , insira o e-mail que você realizou para o cadastro no evento, e aparecerá a op