Pular para o conteúdo principal

RichFaces 4: Bean Validation no lado cliente para campos na tela, simples e fácil

No TDC2011 (SP) além de me divertir e aprender bastante também apresentei, na trilha Java EE, a palestra: "RichFaces 4: Desenvolvimento Web com JSF2 mais rico". Iniciei a palestra comentando sobre as vantagens em adotar uma suíte de componentes UI (User Interface) terceira no desenvolvimento de aplicativos web com JavaServer Faces versão 2.

Mas o foco da palestra foi explorar os novos recursos do RichFaces 4, uma das mais famosas suítes para desenvolvimento JSF, a nova versão recentemente lançada completamente compatível com JSF 2.

Nesse post vou explorar um pouco mais algumas uma funcionalidades citadas na palestra: RichFaces Client Side Validation (CSV), a validação de campos do RichFaces 4 com Bean Validation. Mais uma vez utilizei nossa cobaia para experiências com JSF, o ScrumToys.

Bean Validation no lado cliente

O novo componente rich:validator, do RichFaces 4, pode ser vinculado a componentes inputs em uma tela para aplicar validações de acordo com as restrições definidas através das anotação do Bean Validation.

O Bean Validation é uma especificação Java EE 6 (JSR 303) que padroniza um mecanismo de validação, aplicado a objetos que seguem o modelo JavaBean, configurados a partir de anotações. Os containers que implementam o Java EE 6 utilizam um provider do Bean Validation, como o Hibernate Validator por exemplo. Mas nesse caso as validações são processadas pelo container, no lado servidor.

Com o rich:validator as validações do Bean Validation ocorrem no browser, no lado cliente. O código a seguir demonstra trechos da entidade Story, com as anotações demarcando validações que deverão ser aplicadas no cadastro da entidade. Nesse caso o nome não pode ser nulo, deve conter no mínimo 3 e no máximo 5 caracteres, enquanto a prioridade dever estar entre 1 e 5. Veja:

(Story.java)
//...
import javax.validation.constraints.NotNull;
import javax.validation.constraints.Size;
import javax.validation.constraints.Min;
import javax.validation.constraints.Max;

@Entity
//... definicao de tables e namedqueries da entidade
public class Story extends AbstractEntity implements Serializable {

    @NotNull
    @Size(min=3, max=60)
    @Column
    private String name;
    
    @Min(value=1)
    @Max(value=5)
    private int priority;

    //... outros atributos e os metodos da entidade
}

No próximo trecho de código o uso do rich:validator dentro os inputs das propriedades name e priority da entidade Story. Um detalhe importante para a validação funcionar corretamente é utilizar em conjunto o componente rich:message ou rich:messages, responsáveis por exibir na tela as mensagens caso a validação reclame:

(\story\create.xhtml)
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" 
"http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd">

<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"
      xmlns:ui="http://java.sun.com/jsf/facelets"
      xmlns:h="http://java.sun.com/jsf/html"
      xmlns:f="http://java.sun.com/jsf/core"
      xmlns:a4j="http://richfaces.org/a4j"
      xmlns:rich="http://richfaces.org/rich">
  <ui:composition template="/template.xhtml">
    ...
    <ui:define name="content">
      <h:form styleClass="scrumForm" id="createStoryForm">
        <h:panelGrid columns="3">
          <h:outputLabel value="Name:" for="itName"/>
          <h:inputText id="itName" 
             value="#{storyManager.currentStory.name}">
            <rich:validator />
          </h:inputText>
          <rich:message for="itName" styleClass="errorMessage"/>

          <h:outputLabel value="Priority:" for="itPriority"  />
          <h:inputText id="itPriority" 
             value="#{storyManager.currentStory.priority}">
            <rich:validator />
          </h:inputText>
          <rich:message for="itPriority" styleClass="errorMessage"/>
          ...
        </h:panelGrid>
      </h:form>
    </ui:define>
  </ui:composition>
</html>

Ao renderizar a página no browser, o código javascript gerado para a validação na camada cliente será parecido com o demonstrado a seguir (apliquei uma formatação básica pra melhorar a visualização):

(javascript gerado na tela de cadastro de uma nova Story)
function createStoryForm_3AitName_3Av(event,id,e,da){
  var p={da:da, 
       v:[{f:RichFaces.csv.validateSize,
           p:{"min":3,"max":60},
           m:{"detail":"size must be between 3 and 60",
              "severity":0,
              "summary":"size must be between 3 and 60"}},
          {f:RichFaces.csv.validateRequired,
           p:{},
           m:{"detail":"may not be null",
              "severity":0,
              "summary":"may not be null"}}]};
  RichFaces.csv.validate(event,id,e,p);
}

function createStoryForm_3AitPriority_3Av(event,id,e,da){
  var p={da:da,
       c:{f:RichFaces.csv.convertInteger,p:{},
          m:{"detail":"{2}: ''{0}'' must be a number between \u002D2147483648 and 2147483647 Example: {1}",
             "severity":0,
             "summary":"{2}: ''{0}'' must be a number consisting of one or more digits."} },
       v:[{f:RichFaces.csv.validateMin,
           p:{"value":1},
           m:{"detail":"must be greater than or equal to 1",
              "severity":0,
              "summary":"must be greater than or equal to 1"}},
          {f:RichFaces.csv.validateMax,p:{"value":5},
           m:{"detail":"must be less than or equal to 5",
              "severity":0,
              "summary":"must be less than or equal to 5"}}]};
  RichFaces.csv.validate(event,id,e,p);
}

$(document).ready(function() {
    new RichFaces.ui.Message("createStoryForm:j_idt68",
      {"forComponentId":"createStoryForm:itName",
       "showSummary":false,
       "showDetail":true} )
    new RichFaces.ui.Message("createStoryForm:j_idt74",
      {"forComponentId":"createStoryForm:itPriority",
       "showSummary":false,
       "showDetail":true})
});

Analisando o restante do html é possível identificar que as 2 funções javascript são associadas ao evento onchange dos 2 inputs. Esse é o comportamento padrão do rich:validator, mas é possível customizar outro evento através da propriedade event, por exemplo:

(\story\create.xhtml)
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" 
"http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd">

<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"
      xmlns:ui="http://java.sun.com/jsf/facelets"
      xmlns:h="http://java.sun.com/jsf/html"
      xmlns:f="http://java.sun.com/jsf/core"
      xmlns:a4j="http://richfaces.org/a4j"
      xmlns:rich="http://richfaces.org/rich">
    ...

    <h:outputLabel value="#{i18n['story.form.label.name']}:" for="itName"/>
    <h:inputText id="itName" 
       value="#{storyManager.currentStory.name}">
      <rich:validator event="keyup" />
    </h:inputText>
    <rich:message for="itName" styleClass="errorMessage"/>

    ...
</html>

Os validadores JSF, como por exemplo o f:validateRange, funcionam mesmo quando misturados ao mesmo input que usa o rich:validator, mas isso não é recomendado. Adotando Bean Validation a configuração para validar os dados de uma entidade pode ser reaproveitada em várias camadas do aplicação.

Caso não exista código lado cliente (javascript) registrado para uma determinada validação, o rich:validator executa a validação no lado servidor via Ajax (Ajax fall-backs). Outro exemplo do uso e mais detalhes sobre o rich:validator estam disponíveis na documentação do RichFaces 4.


Links complementares:

[]s
Eder Magalhães
www.yaw.com.br
twitter.com/youandwe
twitter.com/edermag

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 reasons why we love JSF

1. One-slide technology: it's so simple that I can explain basic JSF with one slide. 2. Easy to extend: components, listeners, render kit, Events, Controller, etc. 3. Real-world adoption: JBoss, Exadel, Oracle, IBM, ... 4. Architecture model: you can choose between more than 100 different architecture. 5. Open-mind community: using JSF you are going to meet very interesting people. 6. We are using JSF the last 5 years and we found very good market for JSF in Brazil 7. Progress: look to JSf 1.1 to JSF 1.2, JSF 1.2 to JSF 2.0. People are working really hard! 8. Many professionals now available 9. It's a standard. It's JCP. Before complain, report and help! 10. Ed Burns, spec leader, is an old Globalcode community friend! EXTRA: My wife is specialist in JSF. She's my F1 for JSF :) Nice job JSF community! -Vinicius Senger

2º Bate Papo do SP-GTUG - Divulgação

Pessoal, Para aqueles que já estiveram presentes nas atividades do SP-GTUG (encontros ou bate papos na Globalcode), e para os que ainda não puderam estar presentes, teremos um novo bate papo acerca de mais duas tecnologias do Google: AdSense e Python no GAE. Este será o nosso segundo bate papo do SP-GTUG, nos mesmos moldes dos minicursos da Globalcode . Local e data O bate papo acontecerá no dia 27/03/10, das 10:00 às 13:00 na Globalcode. Para fazer sua inscrição e participar acesse a home da Globalcode e vá até a parte de "Minicursos Gratuitos da Semana ". Conteúdo das apresentações Abaixo seguem as descrições passadas pelos palestrantes: Título: "Algoritmos em Python" Resumo: Python é uma linguagem considerada frugal, simples, sem ser simplória! Entenda como construir algoritmos ninjas com essa linguagem, adotada pela Google e pelo MIT. Veremos muito, muito código, desde algoritmos clássicos até tutoriais do

JSF 2 - Composite Components, você não precisa mais ser um ninja

Estamos em uma nova era da computação, os dados não estão mais localizados em um banco dentro de sua empresa, vivemos a explosão de redes sociais, informações são geradas a todo instante, e se torna essencial que sua aplicação conheça os serviços disponíveis na web e consumam suas APIs geralmente disponíveis por serviços REST. Legal, mas como ficam meus aplicativos Java EE neste novo cenário? Para quem vem acompanhando a evolução da plataforma, é notório que todo esforço vem sendo utilizado para aumentar a produtividade e a integração com novos serviços. Basicamente duas especificações surgem com muita força para atender este cenário, a JSR - 314 (JSF-2) e JSR - 311 (JAX-RS), neste post exploraremos a JSR-314 (JSF2) e sua nova forma de criar Composite Components. Uma das grandes queixas dos desenvolvedores JSF era a complexidade em criar composite components, era necessário um vasto conhecimento sobre o ciclo de vida de uma aplicação JSF. Agora, você não precisa ser mais um “ninja” em

Gosta de informática e sonha ser programador Java um dia ?

A Globalcode está procurando jovens que queiram ser programadores no futuro, para fazer parte de sua equipe de vendas e operacional na unidade Paraíso em São Paulo somente. O grande diferencial é o planejamento para carreira de programador. O planejamento de cursos do portifólio da Globalcode: Academia do Programador, Academia Java, Academia Web, Robótica, Eletrônica, etc, será realizado periodicamente de acordo com o desempenho e interesse individual. Atenção : Este não é um estágio para trabalhar com Java, são duas vagas CLT administrativas para pessoas que queiram ser programadores no futuro. Perfil : Conhecimentos de informática básica, saber lidar com pessoas e trabalhar em equipe. Deve ter concluído o ensino médio, ter boa escrita, ser organizado, responsável, comprometido e dinâmico. Interesse por computação, programação, internet, robótica, eletrônica,... Temos duas vagas para jovem-aprendiz abertas: 1) Setor operacional No dia a dia Serviços externos Controle de estoqu

Palestras do TDC Business Disponíveis Online

🚨 Atenção, TDC Lovers! O TDC Business em São Paulo acabou, mas os conteúdos mal começaram!  Não pô de aproveitar a STADIUM ao vivo? Não tem problema, porque trouxemos ela até você. Todas as palestras da STADIUM, palco principal do TDC, já estão no ar e liberadas para qualquer pessoa assistir. Essa Trilha incrível conta com palestras de Trilhas Premium e temas variados de forma GRATUITA para você poder maratonar de casa!  Aproveite para prestigiar seu evento de TI favorito com pipoca direto do seu sofá. 🎥 🍿 Gravação da STADIUM, 22 a 24 de Agosto de 2022, disponível aqui: https://www.globalcode.com.br/videos/tdc-2022-business/  Todas as demais trilhas do TDC Business serão publicadas gradualmente nas próximas semanas, fique atento aos nossos e-mails, você será notificado por lá quando sua Trilha estiver disponível. Acompanhe nossas redes sociais para não perder nada e ficar por dentro de todas as novidades do TDC!

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela