Pular para o conteúdo principal

no:sql(br).["Eu fui"] = "e estava SENSACIONAL!";

O primeiro #nosqlbr foi um evento que realmente excedeu a expectativa de muitos, e acredito que até mesmo do @porcielli(organizador e curador de fato do movimento aqui no Brasil)! Com um público de tecnologia eclético, reuniu em torno de 170 pessoas para discutir assuntos vinculados a bancos de dados que não atendem ao modelo SQL/relacional.

De forma resumida, tais solucões de armazenamento e recuperação de dados normalmente possuem as seguintes qualidades sistêmicas:

  • Atendem aos requisitos basicos de cloud computing, como disponibilidade, tolerância a falhas, escalabilidade horizontal elástica(a quente) e baixa latência;
  • Armazenam dados normalmente no formato chave valor. Alguns são mais orientados a estruturas de dados, outros a documentos;
  • Falam, em muitos casos, protocolos baseados na web, como HTTP, JSON e XML;
  • Alguns aderem mais fielmente a web, implementando conceitos REST;
  • Considere soluções open source e livres, por questões de licenciamento e custo ao escalar;
  • Nem tudo deve ser ACID;
  • Modelos relacionais não priorizam o perfil de acesso a dados da aplicação, que é desnormalizado;
  • Dados centralizados solucionam apenas consistência, mas trazem problemas que inviabilizam o uso em soluções nosql/cloud computing;
  • Latência é o que importa em primeiro lugar! Depois vazão(throughtput/escalabilidade)! E depois elasticidade(crescer a quente)! Porém, todos são importantes!
  • Particionamento, replicação inteligente e sharding(particionamento de um mesmo grupo de dados) são fundamentais;
  • Facilite a leitura;
  • Escolha entre latência e consistência;
Você encontra mais informações no artigo da wikipedia sobre NoSQL

Minha palestra foi a respeito de uma avaliação que estamos fazendo no SPC Brasil a respeito de Apache Cassandra como cache distribuído(cuidado, "quase" NSFW). De forma simples, o Apache Cassandra junta o modelo de dados oferecido pelo Google BigTable com as capacidades de armazenamento do Amazon Dynamo.

Quero ainda disponibilizar um material adicional, como arquivos de configuração prontos para setup em cluster. De qualquer forma, uma coisa que citei é que a configuração do Apache Cassandra é muito simples e, seguindo os comentários para cada configuração dentro do arquivo $CASSANDRA_HOME/conf/storage-conf.xml, configurando o logfile em $CASSANDRA_HOME/conf/log4j.properties, lendo o quickstart, modelo de dados, arquitetura e codificando alguns clientes devem ser o suficiente para fazer um bom setup inicial e rápido. Acredito que em 1h no maximo você já consegue ter um cluster e cliente funcionando, além do que é um excelente exercício caso você esteja comecando nessa área! Estou a disposilção para ajudar em caso de dificuldades nisso!

Logo após a minha palestra, a Globalcode sorteou um curso Hands-On(prático) de Google App Engine com Java, e o ganhador foi o @handrus! Parabéns! ;)

O clima foi extremamente informal e descontraído, com todos os convidados se sentindo muito a vontade para fazer perguntas e participarem das palestras. No final houve uma desconferência, onde palestrantes e platéia se uniram para falar a respeito dessas novas tecnologias, cultura corporativa, DBAs, cloud computing, agile, universo, e outras coisas... :) Houve um happy hour depois, mas como eu já estava muito cansado, se ficasse bêbado ainda por cima a essa altura, iria dormir na rua mesmo! :)

Bati ainda um papo com o Alberto Lerner, um dos desenvolvedores do MongoDB, que foi desenvolvedor do BigTable quando ainda era funcionário do Google. Ele falou quais critérios devem ser considerados na adoção de uma solução NoSQL, dizendo que devemos focar muito mais análise de como sua aplicação acessa dados, e menos na moda ou até mesmo em funcionalidades de mais alto nível que podem ser irrelevantes na solução de problemas de latência e disponibilidade ao recuperar/modificar informações no seu repositório de dados.

Como o evento foi organizado de forma rápida e sem muito planejamento financeiro, o Alexandre Porcelli acabou por assumir um custo de R$ 8.000,00 sozinho, e a partir daí começou uma corrida para obter patrocinadores e doações individuais para bancar o evento. Durante o evento ainda houve uma momento ilustre: o Porcelli passou o chapéu(literalmente, pena que não há foto, mas várias testemunhas presenciaram isso, inclusive eu) e conseguiu arrecadar próximo de R$ 1.000,00, o que considerando um público presente de 170 pessoas em um evento gratuito aqui no Brasil é algo de se admirar! Isso mostra o quanto o público estava comprometido com o movimento e também significa uma coisa: o nosqlbr 2011 vai ser algo ainda melhor! Porém ainda há um rombo de R$ 2.500,00 nas finanças pessoais dele, portanto se você foi e não colaborou, ainda há chance de ajudar!

Outros posts a respeito do primeiro NoSQL Brasil(se estiver faltando algum, me avisem que eu atualizo):


Ainda durante o evento, o Porcelli citou um novo encontro em algum futuro próximo. Dessa vez com o tema "linguagens dinâmicas". Certamente estarei lá!

Abs,
JV -- julioviegas.com

Comentários

suissa disse…
ahhh como eu queria ter ido, apenas ótimos reviews. Fico muito feliz pela cena do nosqlbr estar começando tão bem!
Wagner Santos disse…
Fala Júlio!

Posso dizer que o evento superou minhas expectativas, foi muito bom, principalmente o conteúdo.

O papo com o Alberto Lerner e contigo no final me ajudou a tirar algumas dúvidas, =)

Parabéns pela palestra e na próxima estaremos lá...

Abraço,
Unknown disse…
Realmente o #nosqlbr foi muito bom, "evento da comunidade para a comunidade".

Ótima oportunidade de rever vários camaradas e adquirir um bocado de conhecimento.

Como vc citou Julio, a mistura de tribos foi bem interessante.

[]s
Juliana disse…
Não fui na palestra mas fiquei sabendo do ocorrido.
Eu como mulher, e como também faço parte do mundo da programação me senti extremamente ofendida com a imagem de uma mulher nua utilizada para representar a 'Cassandra', isso foi extremamente vulgar e anti-ético os fatos não justificam o meio, em nenhum contexto plausível isso se encaixa. Se eu estivesse na platéia simplesmente iria me levantar e sair da sala.
Na próxima vez coloque a foto de um homem nu em plena ereção. Aposto que todos os homens presentes no recinto irão se sentir bem confortáveis. ;-)
Bom saber que foi você quem deu a palestra e que você dá aulas na GlobalCode, porque nunca irei participar de nada que envolva o seu nome.
Julio Viegas disse…
Oi Juliana,

Sem querer polemizar mais, a mulher em questao nao estava nua. Eu nao iria colocar uma mulher nua em um slide, pois haviam outras mulheres na plateia, e as mesmas nao se sentiram ofendidas.

Os slides ilustrando belas mulheres foi uma forma de descontrair a plateia. Tirando isso, meu proposito foi de repassar o conhecimento a respeito do software que apresentei.

Peço desculpas se vc entendeu a mensagem de forma errada.

Att,
JV
Juliana disse…
Ok, olhando com atenção as fotos que foram tiradas por alguns conhecidos que compareceram haviam tarjas minúsculas nas partes íntimas, retratando : são fotos de seminu!

Que bom que as mulheres que foram não se sentiram ofendidas, ainda bem que existe democracia e que ninguém foi criado e nem pensa da mesma forma.

Não vou entender a mensagem de forma errônea o dia em que esse preconceito acabar e as mulheres não serem mais tratadas e vistas como objetos. O dia em que uma mulher der uma palestra e colocar fotos de homens para "descontrair" nos mesmo moldes em que você fez, eu irei entender.

Não tenho nada contra a sua pessoa, apenas não achei certa essa atitude e não compartilho do seu ponto de vista, para não polemizar mais paro por aqui.

Sucesso e tudo de bom para vc!

Atenciosamente.
Handrus disse…
Uma excelente palestra a sua! Embora eu não tenha uso prático imediato para "o" cassandra adorei saber mais sobre a tecnologia e a forma como você pretende usa-la no SPC.
Obrigado pela palestra, toda a comunidade vai com certeza se beneficiar muito.

Postagens mais visitadas deste blog

Você já pensou em ser palestrante em algum evento ?

Você já deve ter participado de algum evento e pensado como deve ser legal ser palestrante... E para falar a verdade, é muito bom mesmo. Eu adoro, o Vinicius adora e conheço muitas pessoas que curtem cada minuto da participação no evento como palestrante. Com certeza é uma responsabilidade a mais. Você sente medo, adrenalina, tem que se preparar. Literalmente coloca a cara a tapa para qualquer pessoa te avaliar em todos os sentidos. Qual o seu tom de voz?  Seus slides são legais? Você manja mesmo ?  Seu português está ok?  E as palavras em inglês ?  Teve algum deslize técnico? E MUITO mais.  Mas é claro que a exposição tem dois lados... e os resultados podem ser ótimos. Normalmente conhecemos mais pessoas como palestrantes e podem surgir boas oportunidades de negócio. É sempre positivo ter uma nova referência positiva quando as pessoas buscam nosso nome no Google, podemos fazer a diferença para quem está assistindo a palestra e muito mais.  No The Developer's

TDC ONLINE: SUA PLATAFORMA DE PALESTRAS GRAVADAS DO TDC DISPONÍVEL

Além do conteúdo ao vivo transmitido online nas edições do TDC, agora você pode ter acesso à centenas de palestras gravadas, através da nossa nova plataforma de vídeos - o TDC Online, que reúne todas as Trilhas premium, Stadium e Salas dos Patrocinadores das edições anteriores de 2022, TDC Innovation e TDC Connections.  Para acessar, basta clicar na edição em que você participou ( TDC Innovation ou TDC Connections ); Fazer o mesmo login (com e-mail e senha) cadastrados na hora de adquirir ou resgatar o seu ingresso no TDC; E clicar na Trilha de sua opção, e de acordo com a modalidade do seu ingresso. Logo em seguida, você será direcionado para a seguinte página com a lista de todas as palestras por Trilha: Pronto! Agora você tem acesso à centenas de palestras gravadas da sua área de interesse, para assistir como e quando quiser! Caso tenha esquecido a senha, clique na opção "Esqueci a senha" , insira o e-mail que você realizou para o cadastro no evento, e aparecerá a op

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela

TDC Digital: o que você precisa saber para transformar sua carreira em 2022

O TDC Digital é o maior evento de TI do mercado e proporciona crescimento profissional a partir de palestras com especialistas e oportunidades de networking com o mundo todo, direto da sua casa. Através da escolha individual de cada participante é possível obter experiências imersivas e transformadoras conforme o tema-chave de cada trilha.  O evento também é o lugar ideal para ajudar no desenvolvimento de carreiras, permitindo que qualquer pessoa com vontade — e um tema interessante — seja palestrante e compartilhe suas experiências e conhecimentos. Para aqueles que querem  participar como ouvinte a plataforma do TDC favorece conferências dinâmicas, e o encontro de diversas comunidades e ecossistemas de TI. E, após a escolha de uma trilha, fica mais fácil acompanhar especialistas para aprender e se inspirar. Em 2021, o The Developer’s Conference (TDC) foi 100% digital e, em três dias de evento, contou com mais de 300 horas de conteúdos , incluindo: Agile; Testes; Design; Web e Mobile;

Segurança da informação no alvo: o que esperar do futuro?

A segurança da informação não se trata apenas de proteger os dados contra acesso não autorizado. Na prática, refere-se aos recursos que impedem: uso; registro; inspeção; divulgação; interrupção; modificação; destruição de dados. O uso de dados pode abranger desde um perfil nas redes sociais a detalhes financeiros, biometrias ou novos projetos. Por isso, a preocupação com a proteção dos dados é crescente, tanto para empresas quanto clientes. Para muitas pessoas, a coleta de dados é considerada invasão de privacidade, criando desconfiança do titular dos dados, pois o uso dos dados pode ser facilmente corrompido, utilizado para fins não declarados. Apesar de o uso dos dados terem impulsionado os avanços tecnológicos na última década, as organizações lidam com o desafio de distinguir dados de informações pessoais de modo a proteger a privacidade e as preferências dos clientes. Neste artigo, abordaremos o impacto da segurança da informação e o que esperar do futuro. Confira casos conhecido

Inspire a mudança com a liderança ágil

A liderança ágil é essencial para que uma organização realize mudanças de negócios significativas. Ser líder é uma tarefa desafiadora, especialmente em um cenário de constantes transformações, principalmente na forma de lidar com a relação empresa e pessoal. Pesquisas sobre liderança na era digital revelam que algumas soft skills têm sido substituídas por outras, o profundo conhecimento na área de negócio, ser referência nas tecnologias utilizadas, ter foco total no prazo e nas entregas e conhecer um arsenal de técnicas e ferramentas, têm dado espaço a habilidades, como: empatia; adaptabilidade; visão e propósito; engajamento constante; senso de equipe.   A colaboração entre pessoas de todos os níveis hierárquicos são vitais, afinal, as equipes estão trabalhando para o mesmo objetivo: o encantamento e atendimento das necessidades do cliente que proporcionarão um crescimento sustentável da organização. Com propósito claro, estratégia e prioridades definidas, os times desfrutam de uma