Pular para o conteúdo principal

TV Digital no #TDC2011: Você não pode perder esse evento!

Pessoal,

Eu e os colegas Thiago Vespa e Carlos Fernando Gonçalves estamos coordenando a trilha de TV Digital, que vai ocorrer no TDC2011 (The Developers Conference). Este é um evento organizado pela Globalcode, que vai ocorrer entre os dias 6 a 10 de Julho de 2011. A trilha de TV Digital será no dia 7 de julho de 2011.

Grade de programação

A grade dessa trilha está praticamente completa, vocês podem conferir abaixo:

Programação

Quinta, 7 de julho de 2011
08:30 às 09:00Credenciamento e recepção dos participantes com café da manhã
09:00 às 10:00Abertura
10:10 às 11:00Ferramentas de autoria para o ISDB-Tb
Hildebrando Trannin
11:10 às 12:00Interatividade na TV Digital - Ginga e Plataformas de Desenvolvimento
Rodrigo Cascão Araújo
12:00 às 13:00Intervalo para almoço*
13:10 às 14:00Lançamento mundial do JDK 7
(Transmissão ao vivo São Francisco, Londres e São Paulo)
14:10 às 15:00Modelagem de Conteúdos Educativos de Televisão Digital Interativa
Francisco Rolfsen Belda
15:00 às 15:30Coffee-break & networking
15:40 às 16:30TV Digital interativa versus TV Conectada: o futuro da interatividade no Brasil
Alan César Belo Angeluci
16:40 às 17:30Cadeia Produtiva na TV Digital - rumo a certificação
Carlos Otávio Schocair Mendes
17:40 às 18:30Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa
Raphael de Carvalho Barbosa
18:40 às 19:00Encerramento e sorteios


Resumo das palestras

Abaixo coloco um resumo sobre as palestras acima:

Ferramentas de autoria para o ISDB-Tb

A palestra irá debater a necessidade de ferramentas de autoria que auxiliem na criação de aplicações interativas para a consolidação do IDSB-Tb.

O foco se dará na comparação entre as ferramentas atuais e na apresentação de uma nova ferramenta, desenvolvida pela equipe da Batuque TV Digital, que abstrai as linguagens NCL e Java e proporciona uma maior rapidez e facilidade na criação de conteúdo interativo para a TV Digital.

A palestra será focada na necessidade de ferramentas de autoria para a consolidação do ISDB-Tb. Com ferramentas de autoria será possível trazer para os profissionais criativos (que não sabem programar) a oportunidade de criar aplicações interativas.

Atualmente encontramos diversas ferramentas para composição e edição de vídeo que ajudam os profissionais de mídia a produzir conteúdo para a TV Analógica (um ótimo exemplo é o Avid Media Composer).

Já na TV Digital, temos para a linguagem NCL algumas ferramentas, como o Composer (versão atual descontinuada) e NCL Eclipse, que auxiliam no processo de autoria de uma aplicação interativa. Para Java e Lua, temos os chamados ambientes de desenvolvimento, no caso de Java podemos citar o Eclipse e o Netbeans.

Entretanto, em ambos os casos ainda é preciso ter conhecimento de programação para criação de conteúdo interativo. Portanto, se você é um produtor de mídia será preciso estudar lógica de programação e alguma linguagem do ISDB-Tb.

O ideal para os profissionais sem conhecimento de programação seria a existência de ferramentas de autoria que conseguissem abstrair as linguagens de programação através de componentes gráficos (editores de texto, como o Microsoft Word, são bons exemplos). Dessa forma, a curva de aprendizado seria menor e a produtividade seria consideravelmente maior.

Pensando nisso, a equipe da Batuque TV Digital desenvolveu uma ferramenta de autoria voltada para os profissionais sem conhecimento de programação. A ferramenta oferece uma interface intuitiva e que utiliza técnicas de WYSIWYG e manipulação direta para abstrair as linguagens da TV Digital.

Interatividade na TV Digital - Ginga e Plataformas de Desenvolvimento

Nesta apresentação serão abordados conceitos básicos sobre TV digital com enfoque nos benefícios proporcionados pela tecnologia de Interatividade. O padrão brasileiro para interatividade conhecido como Ginga será apresentado, bem como as plataformas necessárias para o desenvolvimento neste padrão.

- O que é TV Digital?
- O padrão nipo-brasileiro ISDB-Tb
- Interatividade na TV Digital
- O canal de retorno
- O set-top box
- Classificação das aplicações interativas
- O middleware Ginga (NCL e Java)
- Carrossel de Dados
- Ciclo de Vida da Interatividade

Modelagem de Conteúdos Educativos de Televisão Digital Interativa

O conteúdo da palestra foi concebido em projeto de pesquisa originalmente produzido no âmbito do Departamento de Engenharia de Produção da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP atualmente em curso junto ao Programa de Pós-Graduação em Televisão Digital: Informação e Conhecimento, da Faculdade de Artes, Arquitetura e Comunicação (Faac), da Unesp em Bauru. Ele propõe atividades de exploração, análise, desenvolvimento e aplicação em torno de um modelo de referência capaz de representar, instruir e validar a produção de conteúdos audiovisuais interativos para emissoras educativas de televisão digital, com foco em seus processos e produtos.

Sua concepção decorre da elaboração preliminar de um modelo estrutural de conteúdos educativos de televisão digital constituído por uma série de planilhas, tabelas e mapas conceituais, resultante de pesquisa prévia e já empregado experimentalmente no desenvolvimento de um protótipo de aplicação que simula um ambiente televisivo para a aprendizagem de engenharia, contendo cenário tridimensional, navegação multi-linear e acesso a vídeos com conteúdos extras e complementares sob demanda.

De modo geral, o projeto visa testar e aprimorar esse modelo por meio de sua aplicação no desenvolvimento sistemático de conteúdos educativos de televisão digital em projetos em curso no Programa de Pós-Graduação e na emissora de Televisão Digital Universitária da Unesp em Bauru, contribuindo para o estabelecimento e a validação de processos regulares de desenvolvimento desses conteúdos, a partir da elaboração de um novo modelo de referência para a produção programas audiovisuais interativos.

É possível levantar ao menos três hipóteses que associam a modelagem de conteúdos a seus processos de produção:

- Modelos estabelecidos para mídias convencionais não satisfazem requisitos introduzidos pela televisão digital;
- Linguagens de notação devem combinar rigor simbólico a elementos visuais de inteligibilidade;
- O processo de produção de conteúdos tende a fragmentar-se em redes colaborativas e seus produtos podem ser descritos como ambientes navegacionais de fruição interativa.

Identifica-se, ainda, um conjunto de problemas que podem associar-se como sub-projetos à essa proposta, tais como

- Desenvolvimento de uma ontologia de padronização semântica para os processos e conteúdos descritos;
- Adaptação dos conteúdos modelados e prototipados para dispositivos móveis e portáteis;
- Criação de ambientes temáticos contextualizados para aprendizagem audiovisual;
- Validação avançada das aplicações prototipadas por meio de análises heurísticas e cognitivas.

TV Digital interativa versus TV Conectada: o futuro da interatividade no Brasil

Discute de forma problematizada a implantação do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre e seus impactos na cadeia de produção e nos variados atores envolvidos – Governo, Radiodifusores, Fabricantes e Empresas de Software. Analisa o futuro da televisão sob a ótica da inclusão, do modelo de negócio e das inovações no campo da produção com o transmídia e a interatividade.

Cadeia Produtiva na TV Digital - rumo a certificação

Apresentação da cadeia produtiva no Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD) apresentando aspectos da norma ABNT e legislação brasileira apontando a Certificação desta cadeia como solução para a Interatividade na TV Digital.

Como pontos importantes com a discussão da norma brasileira do SBTVD concomitante a legislação vigente apresentando os componentes da cadeia produtiva do sistema.

Apresentação dos pontos positivos e negativos da norma e legislação que dificultam implementação efetiva de programas interativos.

Espera-se ao final da palestra reservar um tempo ao debate apresentando como solução a certificação dos atores desta cadeia produtiva (produtora de conteúdo interativo, emissora de TV, receptor de TV Digital e desenvolvedor do middleware GINGA.

Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa

Abordando a experiência da Fundação CPqD no desenvolvimento de serviços multiplataforma para TV Digital Interativa serão comentados os principais desafios para desenvolver os serviços no contexto do middleware brasileiro. Também será enfatizado como os serviços interativos estão sendo integrados de forma a garantir um conjunto único de negócio para as diversas plataformas de TV.

- Apresentação de uma visão geral do sistema de transmissão de aplicações Ginga pela televisão digital terrestre
- Exibição e descrição dos serviços de TV Digital Interativa que estão sendo desenvolvidos pela Fundação CPqD
- Principais dificuldades encontradas durante o desenvolvimento dos serviços interativos
- Integração dos serviços multiplataforma através da definição de um arquitetura de referência e utilização de WebServices

Palestrantes

Para ver o perfil dos palestrantes é só acessar o seguinte link:http://www.thedevelopersconference.com.br/tdc/2011/saopaulo/trilha-tvdigital#palestrantes

Só gente fera! Não dá para perder o conteúdo que será passado no evento, primeiríssimo nível :-)

Lançamento mundial do JDK7

Olhe bem a grade de TV Digital. Olhou? Prestou atenção na palestra do horário 13h10 às 14h00? É isso mesmo! Na quinta feira, para quem for em qualquer uma das trilhas, inclusive a de TV Digital, vai ter a oportunidade de acompanhar o lançamento mundial do JDK7! Isso mesmo!

Nós brasileiros, e principalmente os participantes do TDC nesse dia, terão a oportunidade singular de presenciar esse lançamento, e de ter a chance de ouvir e trocar experiências com engenheiros da própria Oracle envolvidos na plataforma. Amazing!

E o melhor: esse lançamento terá transmissão ao vivo para 3 países: Brasil (São Paulo), Inglaterra (Londres) e Estados Unidos (San Francisco).

O TDC desse ano realmente tem muita coisa legal, e não para por aí...

"Fica, vai ter almoço!"

Como diriam aqueles anúncios de TV: "E não é só isso! Você leva inteiramente grátis com o ingresso do TDC um almoço incluso!" E isso é verdade pessoal: todos os participantes vão ganhar um Combinado do Subway em todos os dias do evento!

Aqui mesmo no blog do Globalcoders saiu um post explicativo:


Você deve estar pensando: caramba, esse evento deve ser o olho da cara, caríssimo, acessível para poucos... :-( Você apenas pensou...

Inscrições para o evento

Para quem tinha dúvidas quanto o preço abaixo estão as informações:


Totalmente acessível! Um dia com palestras ricas em conteúdo de TV Digital, ter a honra de participar de um momento histórico do Java, com almoço incluído, networking, brindes e muito mais por 60 reais. Lógico, quem teve a oportunidade de comprar antes está muito mais feliz da vida.

Não tem um desconto não? Não dá pra fazer melhor? Diz que sim vai...

Tudo bem, vou relevar você atrasadinho :-p

Pensando no pessoal que está mesmo com vontade de participar do evento, e que não conseguiu fazer a inscrição na semana que passou, liberamos um código promocional para que você tenha um desconto.

Ou seja, até essa sexta (01/07/11) você pode fazer sua inscrição por 50 reais (!!!), usando o código abaixo no ato de sua inscrição no site (não se esqueçam).

Código promocional: 1539C78A45A7B63C1FCB29052F642A5418137

Repetindo: o código é válido até sexta-feira e deverá ser utilizado no momento da inscrição!

Agradecimentos

Agradeço ao convite do Carlos Fernando Gonçalves e Globalcode por poder participar da organização e por auxiliar nesse processo, de tornar esse evento cada vez maior, melhor e mais importante. Sinto-me extremamente lisonjeado de poder participar de todo esse projeto :-)

É isso aí, não vai perder esse evento cara!

E acompanhem a hashtag #TDC2011 no Twitter, para saber das novidades do evento ;-)

Até mais!

Rodrigo Ribeiro

Comentários

Caro colega

Aproveito para divulgar mais informações sobre o projeto T-autor , o primeiro software de autoria que permite que produtores de conteúdo como designers, jornalistas, editores e publicitários possam criar aplicações de interatividade SEM a necessidade de saber programação.
Vamos estar fazendo um workshop aberto sobre a ferramenta no Congresso da SET em SP e gostaria de solicitar que divulgasse o evento na sua rede de contatos.

http://labcom.webs.com/inovao.htm

Atenciosamente

Márcio Carneiro dos Santos
Prof. Jornalismo em Redes Digitais e Coordenador do LABCOM/UFMA

Postagens mais visitadas deste blog

2º Bate Papo do SP-GTUG - Divulgação

Pessoal, Para aqueles que já estiveram presentes nas atividades do SP-GTUG (encontros ou bate papos na Globalcode), e para os que ainda não puderam estar presentes, teremos um novo bate papo acerca de mais duas tecnologias do Google: AdSense e Python no GAE. Este será o nosso segundo bate papo do SP-GTUG, nos mesmos moldes dos minicursos da Globalcode . Local e data O bate papo acontecerá no dia 27/03/10, das 10:00 às 13:00 na Globalcode. Para fazer sua inscrição e participar acesse a home da Globalcode e vá até a parte de "Minicursos Gratuitos da Semana ". Conteúdo das apresentações Abaixo seguem as descrições passadas pelos palestrantes: Título: "Algoritmos em Python" Resumo: Python é uma linguagem considerada frugal, simples, sem ser simplória! Entenda como construir algoritmos ninjas com essa linguagem, adotada pela Google e pelo MIT. Veremos muito, muito código, desde algoritmos clássicos até tutoriais do

10 reasons why we love JSF

1. One-slide technology: it's so simple that I can explain basic JSF with one slide. 2. Easy to extend: components, listeners, render kit, Events, Controller, etc. 3. Real-world adoption: JBoss, Exadel, Oracle, IBM, ... 4. Architecture model: you can choose between more than 100 different architecture. 5. Open-mind community: using JSF you are going to meet very interesting people. 6. We are using JSF the last 5 years and we found very good market for JSF in Brazil 7. Progress: look to JSf 1.1 to JSF 1.2, JSF 1.2 to JSF 2.0. People are working really hard! 8. Many professionals now available 9. It's a standard. It's JCP. Before complain, report and help! 10. Ed Burns, spec leader, is an old Globalcode community friend! EXTRA: My wife is specialist in JSF. She's my F1 for JSF :) Nice job JSF community! -Vinicius Senger

JSF 2 - Composite Components, você não precisa mais ser um ninja

Estamos em uma nova era da computação, os dados não estão mais localizados em um banco dentro de sua empresa, vivemos a explosão de redes sociais, informações são geradas a todo instante, e se torna essencial que sua aplicação conheça os serviços disponíveis na web e consumam suas APIs geralmente disponíveis por serviços REST. Legal, mas como ficam meus aplicativos Java EE neste novo cenário? Para quem vem acompanhando a evolução da plataforma, é notório que todo esforço vem sendo utilizado para aumentar a produtividade e a integração com novos serviços. Basicamente duas especificações surgem com muita força para atender este cenário, a JSR - 314 (JSF-2) e JSR - 311 (JAX-RS), neste post exploraremos a JSR-314 (JSF2) e sua nova forma de criar Composite Components. Uma das grandes queixas dos desenvolvedores JSF era a complexidade em criar composite components, era necessário um vasto conhecimento sobre o ciclo de vida de uma aplicação JSF. Agora, você não precisa ser mais um “ninja” em

Gosta de informática e sonha ser programador Java um dia ?

A Globalcode está procurando jovens que queiram ser programadores no futuro, para fazer parte de sua equipe de vendas e operacional na unidade Paraíso em São Paulo somente. O grande diferencial é o planejamento para carreira de programador. O planejamento de cursos do portifólio da Globalcode: Academia do Programador, Academia Java, Academia Web, Robótica, Eletrônica, etc, será realizado periodicamente de acordo com o desempenho e interesse individual. Atenção : Este não é um estágio para trabalhar com Java, são duas vagas CLT administrativas para pessoas que queiram ser programadores no futuro. Perfil : Conhecimentos de informática básica, saber lidar com pessoas e trabalhar em equipe. Deve ter concluído o ensino médio, ter boa escrita, ser organizado, responsável, comprometido e dinâmico. Interesse por computação, programação, internet, robótica, eletrônica,... Temos duas vagas para jovem-aprendiz abertas: 1) Setor operacional No dia a dia Serviços externos Controle de estoqu

JavaMail: Enviando mensagem HTML com anexos

Introdução Depois do post "JavaMail: Enviando e-mail com Java" , que apresentava como enviar um e-mail com Java, resolvi complementar a assunto apresentando como enviar uma mensagem formatada, em HTML , e também como realizar o envio de anexos. Bibliotecas Além da biblioteca JavaMail, veja mais no post anterior , é necessário incluir o JavaBeans Activation Framework (JAF), apenas se a versão utilizada for anterior ao JSE 6.0 , que já tem o JAF incluso. O JAF está disponível em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index-135046.html , e neste download encontramos, alguns exemplos na pasta demo , documentação, incluindo javadocs, na pasta docs e a biblioteca activation.jar , que deve ser acrescentada no classpath da aplicação para versões anteriores ao JSE 6.0. Exemplo Primeiramente devemos realizar a configuração da javax.mail.Session e da javax.mail.internet.MimeMessage , estes passos podem ser vistos no post anterior . Agora vamos montar um

TDC INNOVATION lança University Pass

Modalidade de ingresso tem como objetivo ajudar na capacitação dos universitários Uma pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) diz que até o ano de 2024 o Brasil precisará de cerca de 420 mil profissionais na área de Tecnologia da Informação. Porém, por ano, a mesma pesquisa diz que o país forma apenas 46 mil profissionais capacitados no nicho. Pensando nisso, para ajudar na formação e capacitação desses jovens profissionais, o TDC INNOVATION, segunda edição do ano do The Developer's Conference, lança o University Pass, modalidade de ingresso que possibilita aceso digital gratuito a todas as palestras do evento, ou com 50% de desconto para quem preferir ir pessoalmente. Com o tema central “Desafios para a criação do futuro Digital”, o TDC INNOVATION ocorrerá entre 1 e 3 de junho, de forma híbrida: presencialmente no Centro de Convenções CentroSul, em Florianópolis, e com transmissão simultaneamente pela